UM BELO DESTINO TRAÇADO

 

De coração forte e fronte erguida,

Sigo o destino traçado para mim,

No entanto, não me canso,

Pois o cansaço faz minha alma sofrer,

Com isso, seremos seres gementes,

Decadentes e com as forças consumidas.

Não posso fugir a responsabilidade,

Pois já tenho idade e sei que a vontade

De crescer é grande e o belo destino

Não pode ficar retido.

Não devo ter o dever negado,

Isso é dívida crescente,

O desertor padece amargamente e,

Almejo ir mais longe, alcançar os píncaros.

Da glória, para que eu consiga vencer.

Tenho que suplantar todos os obstáculos

E alcançar um futuro repleto de alegria.

Devo esquecer de imediato o lodo, a lama,

O espinho, a ofensa e outras coisas mais,

Seja agora ou depois a voz serena e

Generosa de Deus me acalentará e com paz,

Tolerância e sem cólera vencerei a escuridão

Da incerteza que tenho obtido.  

 

ANTONIO PAIVA RODRIGUES

 

Exibições: 226

Comentar

Você precisa ser um membro de revista virtual metamorphosis para adicionar comentários!

Entrar em revista virtual metamorphosis

Badge

Carregando...

© 2017   Criado por Anna Karenina.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

U