Existe um sonho morto neste olhar
Menina pequenina pobrezinha
Tem as mãos delicadas, num clamar!
Perdura na calçada da pracinha

Estômago carente, sem jantar!
Os pés estão descalços na noitinha
A mãe maluca não quer se importar
Triste roupa que cobre, tão fininha...

Nunca entrará na escola, sem futuro!
Infeliz condição de um ser tão puro
Na hora que amanhece sente frio

Pensa, todos tem casa neste mundo...
Ninguém quer ajudar, dói lá no fundo!
O estômago resiste, tão vazio...
 
Janete Sales Dany
Todos os direitos reservados
T5119227
Registrada e imortalizada na Biblioteca Nacional
No livro "Vilarejo do Preconceito e outras"

Página 13

Licença Creative Commons
O trabalho Soneto Menina Pobre de Janete Sales Dany está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Intern....

Exibições: 191

Comentar

Você precisa ser um membro de revista virtual metamorphosis para adicionar comentários!

Entrar em revista virtual metamorphosis

Badge

Carregando...

© 2017   Criado por Anna Karenina.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

U