SABOR ALUCINANTE

Seu sabor alucinante, estonteante fará pensar no saborear de um faminto à procura de alimento, de um néctar nutriente e refrescante, porém a sua ternura sem par e a meiguice que encerra, nos fazem acreditar que a vida é sublime e abençoada pelos deuses.

Do amor, da doçura, do prazer, irás ao seu universo não de fantasias, mas de realidade enxergaras e terás certeza de que o amor vem acompanhado de sentimento profundo.

Quando o amor nos proporciona lembranças e a solidão invade o nosso coração a escolha é viver de esperanças ou morrer de saudades, mas morrer para que se a vida nos leva aos maiores prazeres de nobres irlandeses.

Não adianta chorar nas cachoeiras, nas montanhas, nas cascatas, nas relvas verdejantes a esperança nunca morre e ela nos trará com toda a certeza a felicidade que merecemos seja nesse ou no outro mundo.

A saudade dói no peito, à ausência maltrata o coração, vem amor não demoras, minha paixão aumenta e um calor diferente toma conta do meu corpo. Quero te amar, te beijar, pois te amo muito e a recíproca é verdadeira, ah como eu queria amar como ama os burgueses.

Saudade é uma flor da terra que nasce dentro da gente, faz morada às vezes massacra, mas almejamos que ela seja tão somente passageira e que as esperanças sejam apenas um jeito de viver diferente, não quero te deixar sozinho quero estar ao seu lado e amar sem proporções aproveitando o que nos oferece o coração pleno e fecundo.

 

ANTONIO PAIVA RODRIGUES

Exibições: 149

Comentar

Você precisa ser um membro de revista virtual metamorphosis para adicionar comentários!

Entrar em revista virtual metamorphosis

Badge

Carregando...

© 2017   Criado por Anna Karenina.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

U