POESIA DOS SENTIDOS

O amor é a poesia dos sentidos, é o canto dos belos passarinhos, ele tem o papel de atenuar todos os nossos pecados, na mesma proporção em que nos inspiramos, usando os olhos para expressar os vis desejos, mas não é soberba e nem o egoísmo, pois só o amor fortalece os corações dos amantes inveterados e os que sofrem com a desilusão. Flui flechado pelo cupido, no entanto, extrai o seu amor contido em forma de personificação.

O meu temperamento sempre estará aposto e evoluído, em imantar com todas as raízes o afago do seu coração. Que o amor seja a genitura feliz e enobrecedora de uma vida a dois sem percalços e sem sofrimentos, visto que o afamado pode ser o impositivo do indumento carnal, cuja válvula propulsora sofre influenciando os nubentes, os enamorados e aqueles que têm o amor como fonte de vida e prazer.

Prescrevendo, procriando ambientes salutares, ou psicosfera sintônicas no psiquismo recalcitrando nas vontades relevantes de amar e ser amado na energia positiva a ser consumida. Um amor pensado, repensado não nos deixa estressado, nem cansado, mas inebriado e com reflexos terapêuticos titulados de união forte sem transfugacidade de um lado e do outro, pois os nossos corações estão anelados no mais repleto amor e sensação.

O espelho brilha, estampa e reluz a nossa vida incessantemente. O amor fraternal, o amor maternal, o amor carnal fazem parte da nossa existência, e o maior prazer e satisfação é amar e ser amado com as bênçãos divinas. Todos nós somos falíveis. De levar tanto sol pelas nossas andanças ficamos rubicundos, pois queremos mostrar a todos que somos sumidades e suscito e jamais vamos tergiversar. Muitas vezes diante do medo ficamos taciturnos, tênues, quando alguém nos aporrinha ficamos de veneta e em alta sensatez.

Poetas e poetisas falam de amor com tanta lucidez que não me esqueço duma só vez de perguntar. Hospedeiro sem frustração o amor pode ser o expurgo exitoso de bem-aventuranças evolvendo ou estribando-se nas energias positivas que esse sentimento de carinho nos oferece.  Que o amor seja a genitura feliz e enobrecedora de uma vida a dois sem percalços e sem sofrimentos. É a imantação do objeto desejado, amado, uma tendência para evolução da alma em profusão.

Lembre-se de que nos ciúmes existe mais amor próprio do que verdadeiro amor. De onde venho, de onde vim? Nasci, cresci e estou no mundo presente. Cumprindo uma missão árdua destinada para mim, pois a vida me ensinou tanto as asperezas como as alegrias a serem vivenciadas. Considero-me um anjo enviado a terra com uma missão sublime de que somos abonados pela divindade que veio nos dizer que nunca existirá fim, a existência continuará mesmo em outro plano de pura lucidez.

 

ANTONIO PAIVA RODRIGUES

 

 

 

Exibições: 171

Comentar

Você precisa ser um membro de revista virtual metamorphosis para adicionar comentários!

Entrar em revista virtual metamorphosis

Últimas atividades

Dilson da Silva é agora um membro de revista virtual metamorphosis
37 minutos atrás
Posts no blog por Manuel Marques Ferreira
5 horas atrás
Manuel Marques Ferreira compartilhou o post do blog deles em Facebook
9 horas atrás

Escritor
Posts no blog por Elisiário Luiz
10 horas atrás

Escritor
Posts no blog por Maroel Bispo
12 horas atrás

Escritor
Antonio Paiva Rodrigues comentou a postagem no blog MEUS AMORES DO PASSADO de Antonio Paiva Rodrigues
12 horas atrás

Escritor
Maroel Bispo comentou a postagem no blog Descobertas de Neuza de Brito Carneiro
12 horas atrás

Escritor
Antonio Paiva Rodrigues comentou a postagem no blog MUITA ESPERANÇA de Antonio Paiva Rodrigues
12 horas atrás

Escritor
Maroel Bispo marcou como favorita a postagem no blog Descobertas de Neuza de Brito Carneiro
12 horas atrás

Escritor
Antonio Paiva Rodrigues comentou a postagem no blog MEUS AMORES DO PASSADO de Antonio Paiva Rodrigues
12 horas atrás

Escritor
Antonio Paiva Rodrigues marcou como favorita a postagem no blog MEUS AMORES DO PASSADO de Antonio Paiva Rodrigues
12 horas atrás

Escritor
Antonio Paiva Rodrigues marcou como favorita a postagem no blog MUITA ESPERANÇA de Antonio Paiva Rodrigues
12 horas atrás

Escritor
Antonio Paiva Rodrigues marcou como favorita a postagem no blog PAIXÃO DEMASIADA de Antonio Paiva Rodrigues
12 horas atrás

Escritor
Posts no blog por Antonio Paiva Rodrigues
12 horas atrás

Escritor
Antonio Paiva Rodrigues adicionou uma discussão ao grupo CONTOS, CRÔNICA, PROSA E MUITO MAIS...
13 horas atrás

Administrador
ROSEMARIE PARRA comentou a postagem no blog – Como Está, Deixe! – de Elisiário Luiz
16 horas atrás

Administrador
ROSEMARIE PARRA marcou como favorita a postagem no blog – Como Está, Deixe! – de Elisiário Luiz
16 horas atrás

Escritor
O post do blog de Elisiário Luiz foi destacado
16 horas atrás

Administrador
ROSEMARIE PARRA comentou a postagem no blog Te amo mulher! de SELDA KALIL
16 horas atrás

Administrador
ROSEMARIE PARRA marcou como favorita a postagem no blog Te amo mulher! de SELDA KALIL
16 horas atrás

Badge

Carregando...

© 2017   Criado por Anna Karenina.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

U