MISTÉRIOS DE NOSSAS VIDAS

No suave mistério dos espaços, a Terra escura e triste se povoa e nos conduz. Não diríamos assim, pois o amor é sublimado. Na solidão dos meus pensamentos vivo momentos de angústia e paixão, reverbero minhas ânsias e intimidades, no calor da alma e refrigero do coração. A válvula propulsora é para mim uma fonte de bondade e de amor ao próximo, mesmo assim considero-me imperfeito, mas em busca da perfeição.

Calar ante os erros alheios é amor no coração. Estamos incólumes, somos inócuos, temos jaezes e procuramos ficar janotos e justapor os nossos desejos a todos outros sentimentos, somos loquazes, mas às vezes a nódoa pode manchar as nossas atitudes pueris. A vida não é para ser “suportada” ou “aguentada”, ela tem que ser “vivida”, louvada em seu conteúdo belo e atraente. Caminhando pândego deixamos de (ser) sermos pérfidos mantendo-nos recônditos dos nossos inimigos e a vontade é de ruar sem rumo e sem destino.

Que o amor seja a genitura feliz e enobrecedora de uma vida a dois sem percalços e sem sofrimentos. O ínclito pode ser o impositivo do indumento carnal, cuja válvula propulsora sofre influenciando os nubentes, os enamorados e aqueles que têm o amor como fonte de vida e prazer. Prescrevendo, procriando ambientes salutares, ou psicosfera sintônicas no psiquismo recalcitrando nas vontades relevantes de amar e ser amado. Sem regra medida e proporção, apenas para imantar os versos, de alegrias, tristezas e ilusões destinadas ao meu coração.

Procuramos mudar sempre, mas a insegurança maltrata e nos faz infeliz. As esperanças se esvaem sem proporções e o nosso coração se recata em nossas ilusões. Falando de mim almejo um dia a felicidade para sarar as feridas do meu coração. Posso me transformar num poeta maluco por natureza. Poeta maluco eu queria ser e do puro vinho quero provar, para minha mente esclarecer essa bebida vou tomar. Apondo lado a lado versos e reversos, de ideias desconexas vivem os poetas construindo o belo que encanta o nosso labor matutino.

 

ANTONIO PAIVA RODRIGUES-FORTALEZA/CEARÁ

 

Exibições: 215

Comentar

Você precisa ser um membro de revista virtual metamorphosis para adicionar comentários!

Entrar em revista virtual metamorphosis

Últimas atividades


Escritor
Zeca-Avelar compartilhou o post do blog de Maria |Helena Campos da Paz em Facebook
1 hora atrás

Escritor
Zeca-Avelar marcou como favorita a postagem no blog AMIGOD QUERIDOS de Maria |Helena Campos da Paz
1 hora atrás

Escritor
Zeca-Avelar comentou a postagem no blog AMIGOD QUERIDOS de Maria |Helena Campos da Paz
1 hora atrás

Escritor
Zeca-Avelar marcaram como favorito o perfil de Maria |Helena Campos da Paz
1 hora atrás

Escritor
Zeca-Avelar marcou como favorita a postagem no blog RP de Zeca-Avelar
1 hora atrás

Escritor
Zeca-Avelar comentou a postagem no blog Zilah a Iluminada de Zeca-Avelar
1 hora atrás

Administrador
Anna Karenina marcou como favorita a postagem no blog Zilah a Iluminada de Zeca-Avelar
2 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Conferindo "Zilah a Iluminada" no revista virtual metamorphosis: https://t.co/jTK4MsznZ0
Twitter2 horas atrás · Responder · Retweet

Administrador
Anna Karenina comentou a postagem no blog Zilah a Iluminada de Zeca-Avelar
"Maravilhoso!"
2 horas atrás

Escritor
5 posts do blog de Manuel Mar foram destacados
2 horas atrás

Escritor
9 posts do blog de Antonio Paiva Rodrigues foram destacados
2 horas atrás

Escritor
O post do blog de PAOLO LIM foi destacado
2 horas atrás

Escritor
3 posts do blog de Zeca-Avelar foram destacados
2 horas atrás

Administrador
Anna Karenina comentou a postagem no blog BEIJOS APAIXONADOS de Antonio Paiva Rodrigues
"Belo texto!"
2 horas atrás

Administrador
Anna Karenina comentou a postagem no blog AS MEIAS VERDADES de Manuel Mar
"Parabéns!"
2 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Conferindo "AS MEIAS VERDADES" no revista virtual metamorphosis: https://t.co/98F7aElM7R
Twitter2 horas atrás · Responder · Retweet

Administrador
Anna Karenina marcou como favorita a postagem no blog AS MEIAS VERDADES de Manuel Mar
2 horas atrás

Administrador
Anna Karenina marcou como favorita a postagem no blog giz apagado de Anna Karenina
2 horas atrás

Administrador
O post do blog de Anna Karenina foi destacado

giz apagado

Giz apagado.As vezes nem sei se minha sombra existe mais...Sairei a francesa sem incomodar nem avisar ninguém.Sou um ponto fraco de giz !Luz de candeia na ventania esperando a tempestade chegar...Anna K.Ver mais...
2 horas atrás

Administrador
Posts no blog por Anna Karenina

giz apagado

Giz apagado.As vezes nem sei se minha sombra existe mais...Sairei a francesa sem incomodar nem avisar ninguém.Sou um ponto fraco de giz !Luz de candeia na ventania esperando a tempestade chegar...Anna K.Ver mais...
2 horas atrás

Badge

Carregando...

© 2017   Criado por Anna Karenina.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

U