INSPIRAÇÃO EM RIMAS

A noite fria reluz uma lua cheia de encanto, não me espanto, pois foi nesta noite, que encontrei o amor da minha vida. Uma linda mulher de belo coração, de encanto, de esplendor que transformou a manhã de muita luz e, onde esmaiei o meu pranto. Deslustrar, desmaiar, desbotar, descolorir faz o mesmo papel, tem o mesmo significado, no entanto, posso dizer que estou apaixonado. A beleza da mulata resplandeceu o meu destino, perfumando a serenata na vertente dos caminhos. A vertente renascia lastreada pelo sol reluzente, e sombria alegrando o girassol. Planta deslumbrante de cor abundante que embelezava aquele lugar. Ao escurecer vem nascendo à lua cheia por detrás das verdes matas, a bela viola pranteia quando faço serenata não existe bravata.

Somos aqueles que amam, através de amor gostoso, esperanças somatizam esse somar saboroso. Caro amigo eu lhe pergunto vai tudo bem com você?...Mude na prosa o assunto, mas, não prive de me vê. Caridade se pratica aos outros nossos irmãos, com fome não se brinca. Mas, exige gratidão. Não se alegre com os maus na vida vasta história. Todos estão sem as naus na rotina da memória. Expulsando o pai choroso que o buscava, há quatro anos, o filho muito teimoso entra no rol dos insanos. Deus revigora a semente, à sua imagem Divina não falou tão somente quando o trabalho termina. Numa palestra serena, falei com muito cuidado.

Tenho rosas brilhantes no coração destemido, na primavera, semblantes de amor nunca esquecido. Um grande homem bem vivido e de um destino ditoso será humano sentido quem lhe chamar de idoso. Meu amor é cintilante reflete a minha vaidade é como medalha brilhante num rosário de bondade. Na sutileza das flores eu vejo as obras de Deus, nos corações dos amores aspiro aos beijos seus. Primavera de setembro jardins repletos de flores de incertezas não lembro, mas, de perfumes e amores. No cume das serranias, fauna e flora dizimadas com esperança nasciam às primaveras rosadas de colorido muito festejado como num jubileu de prata.

Desengano me destreina, de amado fico abalado. Paulo, rapaz elegante, casou-se com moça linda; que sonhava com diamante no vil metal o amor se finda. Saudade, tanta saudade!... Leva nas provas da vida, como dói a tempestade em tempo de despedida!... Quem busca festas e balas, no destaque do próprio nome lembra a aranha: tece e teia, a teia em que se consome. Grande amigo oferece um licor de tangerina digo beber adoece destrói minha disciplina. A criança é a esperança de um Brasil bem varonil, senão a desesperança terminará no buril. Um menino levado procura na cidade homem afortunado leal e sem vaidade. Minha santa amiga na sofrida solidão procura na cantiga sair da escravidão que maltrata como um terreno encharcado e enlameado.

 

ANTONIO PAIVA RODRIGUES

 

Exibições: 198

Comentar

Você precisa ser um membro de revista virtual metamorphosis para adicionar comentários!

Entrar em revista virtual metamorphosis

Últimas atividades

Dilson da Silva é agora um membro de revista virtual metamorphosis
43 minutos atrás
Posts no blog por Manuel Marques Ferreira
5 horas atrás
Manuel Marques Ferreira compartilhou o post do blog deles em Facebook
9 horas atrás

Escritor
Posts no blog por Elisiário Luiz
10 horas atrás

Escritor
Posts no blog por Maroel Bispo
12 horas atrás

Escritor
Antonio Paiva Rodrigues comentou a postagem no blog MEUS AMORES DO PASSADO de Antonio Paiva Rodrigues
12 horas atrás

Escritor
Maroel Bispo comentou a postagem no blog Descobertas de Neuza de Brito Carneiro
12 horas atrás

Escritor
Antonio Paiva Rodrigues comentou a postagem no blog MUITA ESPERANÇA de Antonio Paiva Rodrigues
12 horas atrás

Escritor
Maroel Bispo marcou como favorita a postagem no blog Descobertas de Neuza de Brito Carneiro
12 horas atrás

Escritor
Antonio Paiva Rodrigues comentou a postagem no blog MEUS AMORES DO PASSADO de Antonio Paiva Rodrigues
12 horas atrás

Escritor
Antonio Paiva Rodrigues marcou como favorita a postagem no blog MEUS AMORES DO PASSADO de Antonio Paiva Rodrigues
12 horas atrás

Escritor
Antonio Paiva Rodrigues marcou como favorita a postagem no blog MUITA ESPERANÇA de Antonio Paiva Rodrigues
12 horas atrás

Escritor
Antonio Paiva Rodrigues marcou como favorita a postagem no blog PAIXÃO DEMASIADA de Antonio Paiva Rodrigues
12 horas atrás

Escritor
Posts no blog por Antonio Paiva Rodrigues
12 horas atrás

Escritor
Antonio Paiva Rodrigues adicionou uma discussão ao grupo CONTOS, CRÔNICA, PROSA E MUITO MAIS...
13 horas atrás

Administrador
ROSEMARIE PARRA comentou a postagem no blog – Como Está, Deixe! – de Elisiário Luiz
16 horas atrás

Administrador
ROSEMARIE PARRA marcou como favorita a postagem no blog – Como Está, Deixe! – de Elisiário Luiz
16 horas atrás

Escritor
O post do blog de Elisiário Luiz foi destacado
16 horas atrás

Administrador
ROSEMARIE PARRA comentou a postagem no blog Te amo mulher! de SELDA KALIL
16 horas atrás

Administrador
ROSEMARIE PARRA marcou como favorita a postagem no blog Te amo mulher! de SELDA KALIL
16 horas atrás

Badge

Carregando...

© 2017   Criado por Anna Karenina.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

U