Nunca Pare de Lutar

Ludmila Ferber

O que vem pra tentar ferir
O valente de Deus
Em meio às suas guerras?

Que ataque é capaz
De fazê-lo olhar pra trás
E querer desistir?

Que terrível arma é
Usada pra tentar paralisar sua fé?

Cansaço, desânimo
Logo após uma vitória
A mistura de um desgaste com um contra-ataque do mal
A dor de uma perda, ou a dor da traição
Uma quebra de aliança, que é raiz da ingratidão

Se alguém está assim, preste muita atenção
Ouça o que vem do coração de Deus:

Em tempos de guerra, nunca pare de lutar
Não baixe a guarda, nunca pare de lutar
Em tempos de guerra, nunca pare de adorar
Libera a Palavra, profetiza sem parar

O escape, o descanso, a cura
A recompensa vem sem demora.

AMO VOCÊS.  BEIJOS  M.RAFAEL

Exibições: 711

Comentar

Você precisa ser um membro de revista virtual metamorphosis para adicionar comentários!

Entrar em revista virtual metamorphosis


Escritor
Comentário de Mileidi Consalter em 1 julho 2013 às 15:06

Parabéns poetisa,nunca devemos deixar nossa fé se abalar e ser roubada pelos inimigos!Muito bonito seu postar!

Que DEUS,mantanha sempre acesa a chama de nossa fé!                                                                         


Administrador
Comentário de Gizelda Dantas em 1 julho 2013 às 10:42

PARABÉNS QUERIDA MARGARETH ESTE LOUVOR DE LUDMILA  É TUDO DE BOM PARA SE OUVIR NOS MOMENTOS DE AFLIÇÃO...BOA ESCOLHA PARA O MOMENTO...

Últimas atividades

Ícone do perfil via Twitter
Twitter1 hora atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Twitter1 hora atrás · Responder · Retweet

Escritor
Posts no blog por MARCANTONIO DE OLIVEIRA
2 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Twitter15 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Twitter15 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Twitter15 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
De arrepiar: multidão canta "Don't Look Back In Anger" em tributo às vítimas do ataque em Manchester https://t.co/yL9igHLTLv
Twitterontem · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Twitterontem · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
De arrepiar: multidão canta "Don't Look Back In Anger" em tributo às vítimas do ataque em Manchester https://t.co/BsOHKIykNa
Twitterontem · Responder · Retweet

Escritor
Antonio Paiva Rodrigues adicionou uma discussão ao grupo CONTOS, CRÔNICA, PROSA E MUITO MAIS...
ontem

Escritor
Antonio Paiva Rodrigues respondeu à discussão CORPO, ESPÍRITO E ALMA de Antonio Paiva Rodrigues no grupo CONTOS, CRÔNICA, PROSA E MUITO MAIS...
ontem

Escritor
Antonio Paiva Rodrigues respondeu à discussão MEU QUERIDO DEUS de Antonio Paiva Rodrigues no grupo CONTOS, CRÔNICA, PROSA E MUITO MAIS...
ontem

Administrador
Maria |Helena Campos da Paz marcou como favorita a postagem no blog ** O Segredo de Aladim** de Maria |Helena Campos da Paz
ontem

Administrador
Posts no blog por Maria |Helena Campos da Paz
ontem

Administrador
Maria |Helena Campos da Paz comentou a postagem no blog DEIXA-ME, SER, O MEL, QUENTE, DA TUA BOCA, ESCORRENDO EM UMA GOTA, QUE A ABELHA VEM BEIJAR. AHC-DIUB FÔSTER de ALEXANDRE HELENO DE CASTILHOS
ontem

Administrador
Maria |Helena Campos da Paz marcou como favorita a postagem no blog DEIXA-ME, SER, O MEL, QUENTE, DA TUA BOCA, ESCORRENDO EM UMA GOTA, QUE A ABELHA VEM BEIJAR. AHC-DIUB FÔSTER de ALEXANDRE HELENO DE CASTILHOS
ontem

Administrador
Maria |Helena Campos da Paz marcou como favorita a postagem no blog SOCORRA-ME! CRIAÇÃO: EU, O AUTOR: AHC-DIUB FÔSTER. de ALEXANDRE HELENO DE CASTILHOS
ontem

Administrador
Maria |Helena Campos da Paz comentou a postagem no blog SOCORRA-ME! CRIAÇÃO: EU, O AUTOR: AHC-DIUB FÔSTER. de ALEXANDRE HELENO DE CASTILHOS
ontem

Administrador
Maria |Helena Campos da Paz respondeu à discussão MEU QUERIDO DEUS de Antonio Paiva Rodrigues no grupo CONTOS, CRÔNICA, PROSA E MUITO MAIS...
ontem

Administrador
Maria |Helena Campos da Paz marcaram como favorito a discussão MEU QUERIDO DEUS de Antonio Paiva Rodrigues
ontem

Badge

Carregando...

© 2017   Criado por Anna Karenina.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

U