NO TELHADO DO MEU BARRACO

OUÇO  O BARULHO

NAS TELHAS VERMELHAS

BURBURINHO GOSTOSO

AÍ PENSO:

CHOVE...

QUE BOM!

AGORA MOLHA A TERRA

O HOMEM PLANTA

VEM O SOL

SOPRA O VENTO

GERMINA A SEMENTE.

NASCE A PLANTA

DÁ OS FRUTOS

ALIMENTA.

A TERRA AGRADECE

A MÃE NATUREZA

EU TAMBÉM...

É TÃO BOM

OUVIR BARULHO DE CHUVA

NO TELHADO.

O AR FICA MAIS AMENO

NA MINHA COZINHA

FICA ATÉ MAIS GOSTOSO

O MEU MEXIDO

A MINHA VIDA

MAIS CHEIROSA

CHEIRO DE TERRA

CHEIRO DE ÁGUA

TERRA MOLHADA

QUE ENTRA PELA JANELA

VEM

A BRISA

QUE BELEZA!

LEVE

MACIA

ACARICIA

MINHA PELE

LEVANTA A TOALHA

DA MINHA MESA

ESPALHA O CHEIRO

DA MINHA COMIDA

ATÉ O FIM

DA ESTRADA.

POESIA

AUTORA : MARGARETH RAFAEL MOREIRA


Exibições: 548

Comentar

Você precisa ser um membro de revista virtual metamorphosis para adicionar comentários!

Entrar em revista virtual metamorphosis

Badge

Carregando...

© 2017   Criado por Anna Karenina.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

U