BELEZAS DE UMA NATUREZA SEM FIM

O mar revolto, banha as areias brancas da praia... As ondas espumantes vão e vêm com rebeldia, as crianças correm, saltitam em bela sintonia... Deitam rolam e seus corpos na espuma se espraiam. A natureza pródiga mostra com todos os detalhes a beleza sem distonia. Um lindo céu ensolarado, às vezes causticante, mas delicioso irradia. Lindos clarões, sem réstias bronzeiam alegres moçoilas, que almejam corpos detalhados, emoldurados e sarados.

A felicidade destilada, perfumada espraia com toda harmonia. De vez em quando nuvens espessas, brancas e alvejantes, amenizam o calor e as donzelas em passeatas se alternam em mergulhos estonteantes. Enorme alegria toma conta daquela bela psicosfera com destreza, onde todos se deliciam em imensa alegria. Na beleza dos esplendores naturais, as ondas cintilam e um som agradável transforma o local em belo festival. Brisas suaves amenizam o calor do local e uma rapaziada se delicia com uma bola colorida em forma de arco-íris, e os gritos de gol soam no ar.

Crianças fazem suas peraltices e constroem seus sonhos nas areias cintilantes, enquanto gaivotas famintas fazem tremendas revoadas à cata de alimentos para saciarem a fome. A vida agitada nos leva ao estresse, a angústia nos deprime levando-nos a depressão e a ansiedade. No entanto, sempre haverá uma luz no final do túnel e uma linha no horizonte que nos conduzirá ao azimute esperado. A natureza amiga do homem coloca a sua disposição alternativa para um lazer bem agradável e que o prazer esteja sempre presente nos corações angustiados. O sol no horizonte vai terminando a sua tarefa do dia e começa a desaparecer, ao longe são vistas extensas fontes de águas cristalinas que proporcionarão a todos um banho frio delicioso e refrescante. A alegria daquele dia de eternas lembranças...

Proporcionou-nos maior prudência e um comportamento altaneiro, sublime de uma sensação enorme sem entraves no coração. Já ao final daquele dia maravilhoso uma bela moça esboçou um belo sorriso e com ela fui papear. Um diálogo maravilhoso transcorria carinhosamente e uma troca de olhares constante selava um amor que nascia com o salpicar da maresia daquele delicioso mar. Suaves abraços, carícias iniciaram nosso amor e os beijos vieram naturalmente tornando aquele clima delirante e aconchegante.

Do calor de nossos corpos brotou troca de carícias descomunal. Desse encontro magistral surgiu um amor sem proporções e o resultado foi uma união feliz, onde o ponto mais forte foi uma intensa troca de carinho e a sexualidade crescia à medida que nosso amor avançava sem temor e destemor, visto que só queríamos um amor eterno e repleto de felicidades. Pense nisso!

ANTONIO PAIVA RODRIGUES-FORTALEZA-CEARÁ-BRASIL

 

Exibições: 218

Comentar

Você precisa ser um membro de revista virtual metamorphosis para adicionar comentários!

Entrar em revista virtual metamorphosis

Badge

Carregando...

© 2017   Criado por Anna Karenina.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

U