Blog de Anna Karenina (3,966)

Eu e Juvena ( MINHA MÃE)

Foto de um usuário.
Continuar

Adicionado por Anna Karenina em 11 abril 2015 às 13:30 — 3 Comentários

aves de rapina procuram por meu Eu...

noite de ilusões onde tudo parece perdido

vale a pena ter existido pra vivenciar essa noite?

noite de fantasmas do passado coração acelerado de medo...da noite!

noite tão insegura e tão escura

nem a luz da lua nua veio te encantar...oh noite!

noite de lágrimas e sentimentos

só tu noite conheces meu sofrimento

e pode aliviar a minha dor,

noite, não me deixes aqui sozinha

as aves de rapina

procuram…

Continuar

Adicionado por Anna Karenina em 14 fevereiro 2015 às 13:01 — 2 Comentários

Minha lua e meu sol/PARA OS MEUS AMIGOS DAQUI

Acorde, não durmas

Minha vida corre perigo

Só tenho a ti como amigo

Pra dançar no arrebol

Me ajudar

Espantar a noite

Ser minha luz

Ajudar-me

A Despertar dessa sonolência

ÉS minha sobrevivência

Minha lua e meu sol...



Anna…

Continuar

Adicionado por Anna Karenina em 14 fevereiro 2015 às 12:52 — 5 Comentários

dona de mim

Eu conheci a pressa e hoje ando devagar

A divagar meus…

Continuar

Adicionado por Anna Karenina em 11 fevereiro 2015 às 22:05 — 3 Comentários

Causa que vem a Ser

Que força leva os mares a mover as águas

E as ondas levantar?

Que força move o vento

Levando seu lamento

As terras distantes?

Que força faz com que o sol

Nasça a cada dia em um lindo arrebol?

As mesmas que fazem a lua

Tão fria linda e nua

No céu prateado...

As estrelas cadentes

Voam docemente no templo do firmamento

Assim os suspiros dos animais e elementos

Dos mares, florestas e humanos

Vem de força poderosa

Fonte…
Continuar

Adicionado por Anna Karenina em 11 fevereiro 2015 às 21:54 — Sem comentários

Histórias de vida

Escrevi sobre histórias não contadas...
Sementes que caíram em terreno infértil e cheio de pedras
Minhas histórias perdidas nunca germinaram...
Morreram sem ver a luz!
Sou sombra sem sombra...
Sem corpo,sem vida,sem alma
Enterrei minha esperança em canteiros de urtigas...
Esqueci o caminho que me leva à casa...
Agora sem rumo,sem lar...
Retorno ao meu refúgio primeiro
Uma história não contada...

Anna Karenina

Adicionado por Anna Karenina em 8 fevereiro 2015 às 1:12 — 2 Comentários

Olhos de lince

Eram olhos que nada enxergavam
Tentando ver o que a alma esconde
Eram retinas estraçalhadas a procura da luz das madrugadas
Lugares incertos
Segredos secretos
Em surdina ao anoitecer
Eram olhos de lince
Observando o que ninguém pode ver
Eram olhos amargurados,fechados
Enxergando o abstrato...

Anna karenina

Adicionado por Anna Karenina em 7 fevereiro 2015 às 10:11 — 2 Comentários

Dores da Alma

Madrugada fria ...…

Continuar

Adicionado por Anna Karenina em 10 outubro 2014 às 17:35 — 2 Comentários

Retratos insólitos

Retrata o nosso momento,quando não podemos calar a nossa mente mas temos de calar a nossa voz ,e a cada dia que passa sentimos que não podemos confiar em mais ninguém,somente no Deus Criador,vivemos inocentes do que vai a mente do nosso próximo,se seu amor é verdadeiro,se não nos tocaiam nas paredes escuras da noite quando o silêncio se torna senhor absoluto de segredos inumanos e infames,e assim temos de sobreviver nesse mundo sem saber se perecemos por aquele que se diz irmao

Nosso algoz… Continuar

Adicionado por Anna Karenina em 8 outubro 2014 às 3:34 — 1 Comentário

Anteninhas de plantão



Continuar

Adicionado por Anna Karenina em 21 setembro 2014 às 12:03 — 5 Comentários

Poetisa Maria Iraci Leal

Obrigada por tua luta junto a esse site,grande poetisa e amiga,obrigada por teres me ajudado a manter nossa casa em harmonia,aliás ultimamente vcs ADM são o alicerce que prende ainda nosso site ,porque eu,Eu…

Continuar

Adicionado por Anna Karenina em 21 setembro 2014 às 11:15 — 6 Comentários

acorda

Acorda alma cansada, a guerra não acabou

Não silenciaram os canhões

Nem se passaram as dez luas

Depois que tudo começou...

As flores fugiram todas para o alto da colina

Minha vida

Minha morte

Uma esperança pálida surgiu

uma lágrima cristalina!

Anna Karenina

 

Adicionado por Anna Karenina em 18 setembro 2014 às 2:58 — 5 Comentários

O tempo mente

Ao cair na armadilha da mente
Pensei ser eterna...



Anna Karenina

Adicionado por Anna Karenina em 11 setembro 2014 às 6:01 — 4 Comentários

Noturno

A madrugada vai adiante...

O terror noturno passeia em mundos opostos

Talvez uma avalanche sísmica destrua o Destruidor

Aquele que vem do nada enviando as criaturas da noite

Debruçada sobre as dobras da neblina

Procuro me aconchegar do frio que me domina

Há várias noites o sono deixa-me sem ao menos bater a minha porta

Escuto no silêncio da escuridão o grasnar das aves noturnas

Espero a chegada dos primeiros raios do sol sobre a terra

Para sair desse… Continuar

Adicionado por Anna Karenina em 1 setembro 2014 às 2:04 — 3 Comentários

VOCES FAZEM PARTE DESSA CONQUISTA !!!

SEM VOCÊS EU NÃO TERIA CONSEGUIDO

UM BRINDE…

Continuar

Adicionado por Anna Karenina em 12 agosto 2014 às 18:16 — 7 Comentários

A Simplicidade

A simplicidade,um dom divino que poucos sabem entender

Ser simples não significa ser rico ou pobre

Plebeu ou nobre

Mas alguém que mostra por si ,um modo de viver

Na simplicidade não há arrogância,inveja ou ignorância

Na simplicidade o real e o irreal fazem parceria

Proporcionando,descomplicaçao com maestria

Não exige aprendizados,diplomas,nem honrarias

Ser simples é ser divino!saber doar verdadeiro amor

Ter empatia ,saber mostrar um coração livre de… Continuar

Adicionado por Anna Karenina em 12 agosto 2014 às 7:05 — 3 Comentários

Continuar

Adicionado por Anna Karenina em 11 agosto 2014 às 3:00 — 3 Comentários

EM BREVE MEU NOVO LIVRO DE POESIAS...O AVISO DAS FLORES

O AVISO DAS FLORES

MEU PRÓXIMO LIVRO…

Continuar

Adicionado por Anna Karenina em 10 agosto 2014 às 14:43 — 2 Comentários

Jamais estará só!

Mesmo uma árvore sozinha na planície

Jamais estará só!

Ela olha para os céus e sente a companhia do Criador...

O calor do sol fulgurante

Que invade a colina

E ao anoitecer…

Continuar

Adicionado por Anna Karenina em 10 agosto 2014 às 13:40 — 1 Comentário

A doença de Parkinson

A doença de Parkinson é uma enfermidade que foi descrita pela primeira vez em 1817, pelo médico inglês James Parkinson.



É uma doença neurológica, que afeta os movimentos da pessoa. Causa tremores, lentidão de movimentos, rigidez muscular, desequilíbrio além de alterações na fala e na escrita.



Não é uma doença fatal, nem contagiosa, não afeta a memória ou a capacidade intelectual do parkinsoniano.É uma doença neurológica, que afeta os movimentos da pessoa. Causa tremores,… Continuar

Adicionado por Anna Karenina em 9 agosto 2014 às 8:34 — Sem comentários

Badge

Carregando...

© 2017   Criado por Anna Karenina.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

U