Escritor
Cativa do Saara
  • Feminino
  • RGS
  • Brasil
Compartilhar

Amigos de Cativa do Saara

  • ROSEMARIE PARRA
  • MENDUIÑA A POETISA DO AMOR
  • Zeca-Avelar
  • alessandro macedo souza
  • Antonio Cícero da Silva(Águia)
  • Valéria Garcia
  • Elvarlinda da Rocha Jardim
  • Marcia Aparecida Mancebo
  • Valcirene Bezerra
  • margareth das dores rafael morei
  • Pablo Silva M Bispo dos Santos
  • Jorge Barbosa de Alcântara
  • CARLOS ROBERTO PEIXOTO
  • SELDA KALIL
  • Alessandro Borges

Informações do Perfil

promete manter a paz e a ordem aqui
SIM
 

Homenagear,escritores,poetas, artistas de todas as áreas e todos os tempos,muitas vezes esquecidos,na bela contribuição que trouxeram ou trazem ao mundo.

Fotos de Cativa do Saara

Carregando...
  • Adicionar fotos
  • Exibir todos

Blog de Cativa do Saara

SER POETA

Postado em 27 setembro 2015 às 13:00 10 Comentários

SER POETA É SENTIR CALOR NO FRIO

E FRIO EM PLENO VERÃO

SER POETA NÃO SE APRENDE NA ESCOLA

MAS NO INFINITO DA ALMA CATIVA

SER POETA NÃO NOS TORNA DEUSES

NEM IMIGRANTES DAS GALÁXIAS

SER POETA É SER ESPÍRITO COBERTO DE CARNE

É SENTIR QUANDO A PALAVRA ARDE

NOS TIRANDO A CALMA

 

CATIVA DO SAARA

 

 …

Continuar

esperanças

Postado em 27 setembro 2015 às 12:55 8 Comentários

Enquanto existir vida

Enquanto a dor for sensata

Eu te espero

Assim como estou sem esperanças

 

Cativa do Saara

Jesus de Nazaré O Cristo?

Postado em 13 fevereiro 2015 às 21:50 3 Comentários





Nome completo Jesus de Nazaré


8-4? a.C.[1]

Belém, Judeia [nota 1]
Morte 29-36? d.C.[1]…

Continuar

Poesias de Jim Morrison

Postado em 13 fevereiro 2015 às 21:39 5 Comentários

-



A Celebração Do Lagarto





LEÕES NA RUA

Leões na rua & deambulando

Cães com o cio, enfurecidos, espumando

Uma besta encurralada no coração da cidade

O corpo da sua mãe

Apodrecendo no chão veronil

Ele abandonou a cidade

Foi para o Sul

E atravessou a fronteira

Deixou o caos & a desordem

Para trás

Por cima do ombro

Uma manhã ele acordou num hotel verde

Com uma estranha criatura gemendo ao seu lado.

Suada lamacenta da sua pele brilhante.

Estão todos?

Estão todos?

Estão todos?

A cerimónia está prestes a começar.

ACORDEM



ACORDEM!

Vocês não se lembram onde foi

Terá este sonho parado?

A serpente era ouro pálido acetinada & encolhida

Tínhamos medo de tocá-la.

Os lençóis eram quentes e mortas prisões.

E ela estava a meu lado, velha,

Ele é, não; jovem.

O seu escuro cabelo ruivo.

A suave pele branca.

Agora, corre para o espelho da casa-de-banho,

Olha!

Ela vem para cá.

Não consigo viver em cada lento século do seu movimento.

Deixo a minha bochecha escorregar

O ladrilho fresco e suave

Sente o bom e frio sangue borbulhante.

Os silvos suaves, serpentes de chuva...



UM PEQUENO JOGO

Antes eu tinha um pequeno jogo

Gostava de rastejar no meu cérebro

Penso que sabes qual o jogo que me refiro

Refiro-me a um jogo chamado Enlouquecer

Agora devias tentar este pequeno jogo

Apenas fecha os olhos e esquece o teu nome

esquece o mundo, esquece as pessoas

E nós ergueremos um campanário diferente.

Este pequeno jogo é divertido de fazer.

Apenas fecha os olhos, impossível perder

E eu estou aqui, eu vou também

Liberta controlo, estamos a atravessar



OS HABITANTES DA COLINA

Bem no fundo do…

Continuar

Arthur Jaak Wilfrid Bosmans

Postado em 13 fevereiro 2015 às 21:37 7 Comentários

Arthur Jaak Wilfrid Bosmans

[Cônsul - B. Serra - Belo Horizonte-MG]



biografia:

Arthur Jaak Wilfrid Bosmans

Nascido em Belo Horizonte, curso de cinema na Bélgica, Publicitário com várias premiações, cursou Belas Artes na Guignard, 7 anos de estudo de música clássica [piano], escreve desde 1972, com um um intervalo de mais de 30 anos parado, retornando em 2005. Ex professor de cinema e literatura na Universidade e criador em 2002 do Poemagem,criador do curso de Cinema e literatura na sala de aula no curso de especialização com a Drª em literatura, Kenia de Almeida!

Delicata



De nada me serviria te olhar

Se em mim não existissem reflexos

De tudo que em mim te habitas



Na grande aventura do querer

Me basta poder te entender



Não me fales de amores impossíveis

Que deles sei bem conhecer

Em perdas que me valeram

O ganho maior da vida



De tão longe fizeste perto

O que ainda posso sentir

Como fogo de ardente desejo



Saber que posso deitar

Receber teus lábios nos meus

E de olhos ainda fechados

Saber que você chegou!



Jaak Bosmans

6-1-2008

____________________________

No encontro de nós dois



No encontro de nós dois

Despi-me das armaduras e me revesti de desapegos

Não te queria.Pra que te ter?

No encontro de nós dois era importante que continuássemos dois

Não encontramos pedaços perdidos de nós

Encontramos inteiros que podemos amar.



No encontro de nós dois

Abriu-se uma fenda na paisagem daquele por de sol

Não te queria em despedidas nem mesmo em reencontros

Cada amanhecer me pertencia e eu te oferecia em bandejas,

Ainda na cama, os primeiros raios da luz.



No encontro de nós dois

Teve lua ,teares de…

Continuar

Martinho Lutero segunda parte

Postado em 13 fevereiro 2015 às 21:34 3 Comentários

Anti-semitismo



Texto anti-semita de Martinho Lutero: Sobre os judeus e suas mentiras (1543)

Martinho Lutero foi anti-semita:[17][18][19]

"A Alemanha deve ficar livre de judeus, aos quais após serem expulsos, devem ser despojados de todo dinheiro e jóias, prata e ouro, e que fossem incendiadas suas sinagogas e escolas, suas casas derrubadas e destruídas (…), postos sob um telheiro ou estábulo como os ciganos (…), na miséria e no cativeiro assim que estes vermes venenosos se lamentassem de nós e se queixassem incessantemente…

Continuar

Oswald de Andrade

Postado em 23 setembro 2013 às 8:44 4 Comentários







Nome:

Oswald de Andrade

Nascimento:

11/01/1890

Natural:

São Paulo - SP

Morte:

22/10/1954

Menu do Autor



Oswald de Andrade



Senhor

Que eu não fique nunca

Como esse velho inglês

Aí do lado

Que dorme numa cadeira

À espera de visitas que não vêm



(Primeiro caderno do aluno de poesia)





Em 11 de janeiro de 1890 nasce em São Paulo José Oswald de Sousa Andrade, filho único de José Oswald Nogueira de Andrade e Inês Henriqueta Inglês de Sousa Andrade.



Inicia seus estudos, em 1900, na Escola…

Continuar

Sobre a morte e o morrer Rubem Alves

Postado em 14 dezembro 2012 às 17:03 8 Comentários

Último texto

Sobre a morte e o morrer



Rubem Alves





O que é vida? Mais precisamente, o que é a vida de

um ser humano? O que e quem a define?





Já tive medo da morte. Hoje não tenho mais. O que sinto é uma enorme tristeza. Concordo com Mário Quintana: "Morrer, que me importa? (...) O diabo é deixar de viver." A vida é tão boa! Não quero ir embora...



Eram 6h. Minha filha me acordou. Ela tinha três anos. Fez-me então a pergunta que eu nunca imaginara: "Papai, quando você morrer, você vai sentir saudades?". Emudeci. Não sabia o que dizer. Ela entendeu e veio em meu socorro: "Não chore, que eu vou te abraçar..." Ela, menina de três anos, sabia que a morte é onde mora a saudade.



Cecília Meireles sentia algo parecido: "E eu fico a imaginar se depois de muito navegar a algum lugar enfim se chega... O que será, talvez, até mais triste. Nem barcas, nem gaivotas. Apenas sobre humanas companhias... Com que tristeza o horizonte avisto, aproximado e sem recurso. Que pena a vida ser só isto...”



Da. Clara era uma velhinha de 95 anos, lá em Minas. Vivia uma religiosidade mansa, sem culpas ou medos. Na cama, cega, a filha lhe lia a Bíblia. De repente, ela fez um gesto, interrompendo a leitura. O que ela tinha a dizer era infinitamente mais importante. "Minha filha, sei que minha hora está chegando... Mas, que pena! A vida é tão boa...”



Mas tenho muito medo do morrer. O morrer pode vir acompanhado de dores, humilhações, aparelhos e tubos enfiados no meu corpo, contra a minha vontade, sem que eu nada possa fazer, porque já não sou mais dono de mim mesmo; solidão, ninguém tem coragem ou palavras para, de mãos dadas comigo, falar sobre a minha morte, medo de que a passagem seja demorada. Bom seria se, depois de anunciada, ela acontecesse de forma mansa e sem dores, longe dos hospitais, em meio às pessoas que se ama, em meio a visões de…

Continuar

Hebe Camargo

Postado em 29 setembro 2012 às 19:50 3 Comentários

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Hebe Camargo
Hebe Camargo em julho de 2006.
Nome completo Hebe Maria Monteiro de Camargo Ravagnani
Nascimento 8 de Março de 1929

Taubaté,…
Continuar

Patativa do Assaré

Postado em 25 setembro 2012 às 20:46 3 Comentários

Antônio Gonçalves da Silva, mais conhecido como Patativa do Assaré (Assaré, Ceará, 5 de março de 1909 — 8 de julho de 2002), foi um poeta popular, compositor, cantor e improvisador brasileiro



Uma das principais figuras da música nordestina do século XX. Segundo filho de uma família pobre que vivia da agricultura de subsistência, cedo ficou cego de um olho por causa de uma doença [2]. Com a morte de seu pai, quando tinha oito anos de idade, passou a ajudar sua família no cultivo das terras. Aos doze anos, frequentava a escola local, em qual foi alfabetizado, por apenas alguns meses [3]. A partir dessa época, começou a fazer repentes e a se apresentar em festas e ocasiões importantes. Por volta dos vinte anos recebeu o pseudônimo de Patativa, por ser sua poesia comparável à beleza do canto dessa ave. Sendo muito amigo da família Diniz.



Indo constantemente à Feira do Crato onde participava do programa da rádio Araripe, declamando seus poemas. Numa destas ocasiões é ouvido por José Arraes de Alencar que, convencido de seu potencial, lhe dá o apoio e o incentivo para a publicação de seu primeiro livro, Inspiração Nordestina, de 1956.



Este livro teria uma segunda edição com acréscimos em 1967, passando a se chamar Cantos do Patativa [2]. Em 1970 é lançada nova coletânea de poemas, Patativa do Assaré: novos poemas comentados, e em 1978 foi lançado Cante lá que eu canto cá. Os outros dois livros, Ispinho e Fulô e Aqui tem coisa, foram lançados respectivamente nos anos de 1988 e 1994. Foi casado com Belinha, com quem teve nove filhos. Faleceu na mesma cidade onde nasceu.



Obteve popularidade a nível nacional, possuindo diversas premiações, títulos e homenagens (tendo sido nomeado por cinco vezes Doutor Honoris Causa). No entanto, afirmava nunca ter buscado a fama, bem como nunca ter tido a intenção de fazer profissão de seus versos. Patativa nunca deixou de ser agricultor e de morar na…

Continuar

Caixa de Recados (203 comentários)

Você precisa ser um membro de revista virtual metamorphosis para adicionar comentários!

Entrar em revista virtual metamorphosis

Em 5:32pm on outubro 31, 2014, ROSEMARIE PARRA deu para Cativa do Saara um presente...
Administrador
Presente
PARABENS PELO DIA DO POETA VIRTUAL 2014 - ROSEMARIE PARRA CRIADORA DA DATA, BJSS
Às 10:03 em 8 fevereiro 2014,
Escritor
Antonio Cícero da Silva(Águia)
disse...

Minha amiga poetisa Cativa do Saara... É de valor inestimável sua página... É uma brilhante  e recheada ENCICLOPÉDIA, a apresenter obras e pessoas tão significantes. Parabéns e abraços...

 

Em 4:43pm on agosto 02, 2013, ROSEMARIE PARRA deu para Cativa do Saara um presente...
Administrador
Presente
OTIMO FINAL DE SEMANA, BJSS
Em 12:14pm on março 28, 2013, Marcia Aparecida Mancebo deu para Cativa do Saara um presente...
Escritor
Presente
cATIVA PARA VC COM MUITO CARINHO bJS DE Márcia
Às 12:08 em 28 março 2013,
Escritor
Marcia Aparecida Mancebo
disse...

Cativa é um prazer ser tua amiga, bjs

 

 

Em 5:09pm on janeiro 11, 2013, Maria |Helena Campos da Paz deu para Cativa do Saara um presente...
Administrador
Presente
COM TODO MEU CARINHO E ADMIRAÇÃO
Em 4:24pm on outubro 08, 2012, MENDUIÑA A POETISA DO AMOR deu para Cativa do Saara um presente...
Escritor
Em 8:52pm on setembro 29, 2012, ROSEMARIE PARRA deu para Cativa do Saara um presente...
Administrador
Presente
FICO FELIZ DE PARTILHARMOS AMIZADE E LITERATURA, BSS
Em 6:53pm on julho 20, 2012, Maria |Helena Campos da Paz deu para Cativa do Saara um presente...
Administrador
Presente
COM MUITO CARINHO E ADMIRAÇÃO
Às 10:14 em 20 julho 2012,
Escritor
daniel antonio silva brito
disse...

Viva as flores desse jardim, e você é uma delas.

Vídeos de Cativa do Saara

  • Adicionar vídeo
  • Exibir todos
 
 
 

Últimas atividades


Escritor
Antonio Paiva Rodrigues adicionou uma discussão ao grupo CONTOS, CRÔNICA, PROSA E MUITO MAIS...
Miniatura

OS ASPECTOS DA VIOLÊNCIA

OS ASPECTOS DA VIOLÊNCIAA indignação populacional pelos…Ver mais...
1 hora atrás

Escritor
Posts no blog por Antonio Paiva Rodrigues
1 hora atrás

Escritor
Manuel Mar compartilhou o post do blog deles em Facebook
9 horas atrás

Escritor
Posts no blog por Manuel Mar
9 horas atrás

Escritor
Mileidi Consalter comentou a postagem no blog NOSSOS AVÓS QUERIDOS - (ACROSTICO( de Maria |Helena Campos da Paz
"Que lindo minha amiga Saudades bjos Fica com Deus"
14 horas atrás

Escritor
Mileidi Consalter marcou como favorita a postagem no blog NOSSOS AVÓS QUERIDOS - (ACROSTICO( de Maria |Helena Campos da Paz
14 horas atrás

Escritor
Posts no blog por MARCANTONIO DE OLIVEIRA

AS DIMENSÕES

 As Dimensões  Um dia sentamos em qualquer lugarE por ali ficamos entre a terra e o…Ver mais...
20 horas atrás

Escritor
Posts no blog por Sidnei Piedade

Você me completa_Texto_Sidnei Piedade_Imagem JG

Não imaginei que um dia te amaria com tanta intensidade , você chegou em minha vida trazendo nossos sonhos....desde que meus olhos encontram os seus. Você é meu grande amor , te amo mais do que você possa imaginar , és minha vida que quero…Ver mais...
ontem

Escritor
Manuel Mar compartilhou o post do blog deles em Facebook
ontem

Escritor
Manuel Mar compartilhou o post do blog deles em Facebook
ontem

Escritor
Manuel Mar compartilhou o post do blog deles em Facebook
ontem

Escritor
Posts no blog por Manuel Mar
ontem

Escritor
Manuel Mar compartilhou o post do blog deles em Facebook
domingo

Escritor
Manuel Mar compartilhou o post do blog deles em Facebook
sábado

Escritor
Posts no blog por Manuel Mar
sábado

Escritor
Posts no blog por Gisele
sábado

Escritor
Gisele compartilhou o post do blog deles em Facebook
sábado

Escritor
Gisele atualizaram seus perfis
sábado

Escritor
Gisele postou fotos
sábado

Escritor
Gisele comentou a página Livros dos Escritores de Anna Karenina
"Abelarda - a menina que gostava de Van Gogh Meu livro no Clube dos Autores"
sábado

Badge

Carregando...

© 2017   Criado por Anna Karenina.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

U