Biografia do autor

Comentar

Você precisa ser um membro de revista virtual metamorphosis para adicionar comentários!

Entrar em revista virtual metamorphosis


Escritor
Comentário de Idelfonso vasconcelos pereira em 17 março 2015 às 19:33

Eu sou jornalista - radialista - poeta - sempre desta forma dentro deste contexto escrevi quase em todos os jornais do meu estado - Maranhão - Fiz páginas de poesias - no Jornal Tribuna do Maranhão - fui fundador de um periódico ""Tribuna da Baixada - Nacional - e do jornal do Commércio fui editor de política e diretor do Jornal. Ainda na ativa da imprensa do meu estado....lançarei  livros em breve....


Escritor
Comentário de MEL RACIONAL em 29 setembro 2014 às 15:56

Tentei colocar o prólogo de minha autobiografia  aqui e passou os caracteres. Posso colocar no blog?


Escritor
Comentário de Antonio Paiva Rodrigues em 7 setembro 2014 às 19:39

A minha modesta biografia já se encontra nesse fabuloso site ou blog. Abraços


Escritor
Comentário de MARCANTONIO DE OLIVEIRA em 7 setembro 2014 às 18:10

bueno ,eu por aqui me espalho narrando a minha biografia ,sou um escritor poeta maltrapilho,em minhas roupas rasgadas é onde escrevo meus humildes versos,sou muitas coisas e ao mesmo tempo não sou ninguém importante ,meu passado só a mim pertence ,meu presente eu carrego nas minhas palavras ,meu futuro ,ninguém vai lembrar ,pois ,estarei vivendo em uma chácara as margens do meu rio jaguarão ,rs,brasil ,meus poemas ?estarão só na minha memória se eu ainda me lembrar ,enquanto isso ,a natureza e a terra é que vão ser testemunha de tudo aqui que um dia no futuro eu vou escrever ,nasci um poeta e poeta vou morrer ,quem sabe quando eu partir ,os pássaros com suas asas levarão as minhas folhas escritas esparramando os meus versos ,como levam o pólen das flores ,fazendo nascer a minha poesia nos verdejantes campos do meu amado sul,eu,o poeta gaúcho pós morte ,estarei sentadinho numa nuvenzinha bem branquinha ,e como um menino de 13 anos ,vou escrevendo nas nuvens meus poeminhas ,para todos os românticos ou solitários lerem no céu a continuação da vida pós morte ,desde já agradeço a minha participação ,escritor poeta gaúcho,marcantonio de oliveira


Escritor
Comentário de suzana heemann em 13 junho 2014 às 13:19

Pessoalmente:Pessoalmente sou uma pessoa de hábitos simples,gosto da vida,do seu cotidiano,gosto de um café da manhã acompanhado de um jornal,gosto de escutar musicas e poetizar ao sabor delas,gosto de trabalhar e atender em consultóriuo meus pacientes,sou chef de cuisine em casal,aprecio a arte e a decoração de interiores.Na vida,de tanto ler o que me satisfaz demasia,acabei ficando muito culta.

Aprecio o bom humor e as piadas de bom gosto.

Em resumo,eu gosto de viver,intensamente e apaixonadamente a vida e tudo que ela proporciona.


Escritor
Comentário de suzana heemann em 13 junho 2014 às 13:15

 Sou médica,psiquiatra e psicanalista de adolescentes,crianças e adultos.Tenho um livro escrito em Medicina,que foi editado e publicado no Rio de Janeiro e que se chama "A Feminilidade na Adolescência e Menarca".

Há vinte anos escrevo poesias,contos e crônicas.Iniciei com a poesia na Sociedade dos Médicos Escritores,após fui publicar,a convite,na Revista Caosótica do Centro Cultural Português e na AJEB,associação das jornalistas brasileiras.Tenho diversas antologias e jornais com minhas obras publicadas,algumas medalhas também.

Na internet dedico me ,além deste adorável blog,ao Recanto das Letras onde tenho 700 textos publicados.

Sou divorciada e tenho um filho único já encaminhado na vida.


Escritor
Comentário de Antonio Paiva Rodrigues em 4 maio 2014 às 0:03

Sou Cel PM R/Jornalista; radialista, escritor, poeta, trovador, escrevo crônicas, artigos de qualquer natureza, gosto de fazer amizades sinceras, pertenço a várias associação e a academia de Letras dos Oficias da Reserva e Reformados do Ceará ( ALOMERCE), sou colunista de vários sites e tenho 18 livros publicados. Sou simples, imperfeito e pecador como os demais seres humanos, mas sempre estou buscando a perfeição.


Escritor
Comentário de José Lourenço Florentino em 14 abril 2014 às 13:18

Biografia

 

Era o ano de 1945, nasci, minha família numerosa, 16 irmãos, a situação não estava muito fácil para meus pais, os meus três irmãos mais velhos foram morar com minha avó materna, a situação financeira dela era bem mais confortável do que na nossa casa, até que um fazendeiro nos cedeu um de seus terrenos e foi feito a nossa casa de três cômodos, uma casinha no meio de uma imenso pasto.

Minha família muito pobre, mas quanta liberdade pra mim brincar naquela imensidão de espaço e quantos perigos também! E o tempo não para, com meus 7 anos entro no primeiro ano na escola, um ano de paraíso, minha primeira professora, a inesquecível D.ª Maria do Carmo, permitia que seus alunos gostassem imensamente de estudar, eu ia muito bem cada prova um 10, 10... fora os elogios que me estimulava mais. Mas o tempo não parava, no outro ano outra professora, nos meus entendimentos de agora, ela não era má, mas a primeira mestra era inigualável, tive um desestímulo total, um dia, resolvi que não iria à escola, minha mãe muito enérgica disse: -- você vai! Eu debati: --- não vou! Não deu outra, ela procurou uma vara que era fácil ser apanhada naquela imensidão de arvoredo, tive de mudar de opinião e falei já estou indo, por causa disso minha mãe não confiando em mim, disse que me acompanharia até à escola,  eu raciocinei rápido, iria correndo, nos mais ou menos 500 metros percorridos chegaria sozinho, imagina a vergonha de ser levado pela mãe na escola e fiz exatamente isto, até hoje não consigo compreender, porque eu cheguei na escola sento na minha carteira, pois a aula já havia começado e quem eu vejo na janela? A minha mãe!...

E o tempo continuava na sua corrida louca, logo já estava na idade adulta, vinte e poucos anos, até que levava a sério o meu trabalho na gráfica, onde funcionava o jornal da  cidade também, levei a sério a minha conclusão do segundo grau noturno, (contabilidade, mas só a teoria, pois não trabalhava em escritório) entre meus divertimentos, gostava de jogar sinuca, jogava a valer mesmo, quantas noites a dentro lá estava eu ganhando ou perdendo meu pouco dinheirinho.

Um dia me aconteceu uma coisa mais importante, ao sair do trabalho, já era uma tardezinha prestes a escurecer, de longe eu a vi, ao aproximar me encantei, a cumprimentei, fui contemplado com um encantador sorriso, daí o namoro, depois o casamento e o tempo não parava, vieram os filhos 5 o total, agora 37 anos de sólida união, ela sempre me fala:

--- Antes de casarmos, tentaram por lenha na fogueira dizendo:

--- Nossa! Você vai casar com ele? Está perdida, ele não vai largar a sinuca nunca! e tem mais como você vai fazer com a mãe dele que é católica roxa, e você sendo evangélica? Eu apenas respondi:

--- Quanto ao jogo, tentarei impedir que continue, quanto à mãe dele, eu não estou casando com ela e sim com ele, (e as duas se deram maravilhosamente bem, até que minha querida mãe partiu deste mundo) e acho que consegui porque nestes anos todos você só dedicou somente ao nosso lar, não é mesmo?     


Escritor
Comentário de Sílvia Araújo Motta em 14 abril 2014 às 6:26

SILVIA ARAÚJO MOTTA-17 de Março de 2014.

(*)Profa. Dra. em Filosofia, Profa. de Língua e Literatura Portuguesa e Inglesa. Pedagogista, Comendadora, Chanceler, Gran-Colar, Poeta, Sonetista, Contista, Trovadora, Compositora, Conferencista, Produtora/Ativista Literária e Cultural. Diretora no Círculo Nacional do Meio-Ambiente e Turismo/ACLA-MG; Rainha dos Acrósticos autora de mais de 7mil poemas-acrósticos, em 4 idiomas, nos seus 44 livros-solo. Presidente-Fundadora da ALB-MG,/2010/2011;Vice-Presidente da ALB-RMBH/MG, Diretora das Relações Institucionais da ALB Nacional; Presidente-Fundadora do Clube Brasileiro da Língua Portuguesa desde 2000; Membro Correspondente da ALB-Suíça Cadeira 16.Pertence a 27 Academias de Letras, Ciências e Artes no Brasil e exterior. Palestrante em 22 Estados Brasileiros. Antologista em português/francês/inglês/italiano/holandês/espanhol. Assessora da Presidência da Associação Internacional de Poetas Del Mundo. Embaixadora da Cultura e da Paz/França e Suíça. Membro Honorário e Benemérito das entidades culturais Brasil/Chile/França/Portugal.Várias Premiações nacionais e internacionais. 600 Medalhas e Condecorações! Participação em 124 Antologias Coletivas. Email:clubedalinguaport@gmail.com


Escritor
Comentário de Fernandes Jr. em 7 dezembro 2013 às 19:31

É casado. Reside no DF. Filósofo de formação. Advogado. Aprendiz de poeta. Escritor diletante, autor de O Sofrimento dos Filósofos ( Ed. Biblioteca 24H), que brevemente será lançado. Tem o pé no chão como Aristóteles, sem deixar - como recomenda Platão -, quando necessário, de direcionar a mente para as nuvens ou como Don Quixote de ser visionário de um mundo melhor.


Escritor
Comentário de beneditocglima em 29 maio 2013 às 15:26

Beneditocglima  -arte educador poeta  contista  historiador contador de histórias  ativista cultural  membro de mais de cem entidades culturais.Tem vários blogs e participa de vários blogs. Está presente em mais de quarenta coletaneas de poesias..   Desenvolve o Projeto  PASSA  NA  PRAÇA/QUE A ARTE TE ABRAÇA,sempre no segundo ssábado decada mês.


Escritor
Comentário de Roberto castelhano em 28 março 2013 às 17:40

Sou somente brasileiro, casado , nasci em São Paulo, quando ainda era criança, hoje já sou adulto pai de 02 filhos Renato e Renata, moram em São em São Paulo, escolhi o Estado do Mato grosso do sul , para novas amizades e aqui todos são muito legais, trabalhadores, poucos se interessam na vida dos outros , enfim tenho um ótimo relacionamento, escrevo meus pensamentos,poesias e um livro muito rastejante, tenho manias de parar no meio do caminho, creio que em breve concluirei. Quando tenho algo em mente a escrever tenho que ser rápido porque milhares de pensamentos estão ao redor de minha mente um atropelando o outro, será que isso é normal?,tendo mudar meu interior mas as vezes vejo somente o impossível, minhas idéias e sempre assustadora, sabe porque eu não realizo-as passo pra frente,outros fazem sucesso e eu continuo escrevendo. Mas tenho certeza que chegara o momento certo e também poder ajudar muita gente que sofre de problemas emocionais, que a maioria não tem cura em termos de tratamento, mas com uma bela compreensão e dedicação se chega lá, bom amigos é isso, Abraço a todos vocês que tiveram a paciência de Ler.


Administrador
Comentário de Anna Karenina em 7 julho 2012 às 20:03

Administrador
Comentário de Anna Karenina em 7 julho 2012 às 20:02

Transcrevo na íntegra a biografia de Rogério Miranda, poeta da paz, segundo as palavras de Bárbara, sua esposa:
Rogerio Borges Miranda, o Rogerio Miranda-poeta da paz, nasceu na cidade do Rio de Janeiro, em 22 de agosto de 1955. Um típico leonino.
Devoto fervoroso de São Jorge e Santa Sara, mas sem ter ligação com uma religião, gostava de conhecer todas, embora tivesse muita simpatia com as ligadas ao Espiritísmo.

Nos conhecemos em fevereiro de 1977 (num baile de carnaval), casamos em janeiro de 1978, tivemos 4 filhos (4 meninos), e por enquanto, 2 netinhas.
Desde que o conheci, ele já escrivia, e muito bem. No começo era bem nítida a influência de Kahlil Gibran, com pinceladas de Hermann Hesse e Carlos Castaneda, seus autores preferidos na ocasião (aos 21 anos). Mas com o passar do tempo, foi diversificando bastante a leitura, e a escrita também, embora sejam bem marcadas as fases. De onde eu comecei a conhecer, eram pensamentos bem abstratos, tiradas filosóficas, um pouco de romantismo. Com o nascimento dos filhos, surgiu um lado mais lúdico, angelical. As dificuldades da vida, mostrou um poeta revoltado com as injustiças, querendo mudar o mundo.
Também teve uma fase sensual, depois uma contemplativa, ligada a Natureza, aos bichos, as plantas, e com isso, derrepente se decobriu apaixonado não só pela poesia, mas tb. por orquídeas e bromélias.
Ultimamente, escrevia como quem quer conversar com Deus, com Jesus Cristo, com Nossa Senhora, São Jorge...
A inspiração de Rogerio era incrível, a qualquer hora em qualquer lugar vinha a necessidade de escrever, e ele escrevia em guardanapo, em maço de cigarro, em papel de pão, palito de picolé, caixa de fóforo em qualquer coisa, caso ele estivesse esquecido de colocar uma folha de papel no bolso.
Minha querida Maria Iraci, este é o resumo literário que pude fazer dos meus 35 anos de vida em comum com o poeta da paz. Espero que te ajude concluir o que deseja.

E muito obrigada por manter viva a poesia do pai dos meus filhos. Bjs.
Barbara Garcia Borges Miranda.


Escritor
Comentário de margareth das dores rafael morei em 1 julho 2012 às 10:03

Margareth das dores Rafael  Moreira  Costa é brasileira, nasceu em  Itinga  –Mg.Março- 1958.

Desenvolveu  o gosto pela leitura e escrita desde criança.

Leu obras de vários escritores e poetas brasileiros, também de outros autores estrangeiros.

Formou-se primeiro no curso de contabilidade, magistério na cidade de  Itambacuri-Mg, anos depois,concluiu o curso de pedagogia na FENORD em Teófilo-otoni-Mg,  fez também pós graduação em Gestão Escolar e psico-pedagogia em Itambacuri –Mg.

Sempre exerceu a função de professora. Atualmente trabalha em projetos Educacionais para crianças em fase de Erradicação no Programa Peti Curumim de Itambacuri, pertencente a Prefeitura Municipal.

Escreveu várias poesias,contos, crônicas,fábulas no site Depressão e Poesia e também posta seus trabalhos no site Recanto das Letras.

Ama escrever sobre o amor, sobre a natureza e crianças em estilo simples, claro e objetivo.

Ama a vida em versos e cores.é uma apaixonada pela literatura em geral.


Administrador
Comentário de Neyde Maria F, Cruz em 17 junho 2012 às 14:38

Neyde Cruz veio de uma família tradicional de João Pessoa. Nasceu a 31 de março de

1951 no Rio de Janeiro, filha do português Armando Sottero Moreira da Cruz e da

paraibana Dalva Ferreira Moreira da Cruz. A educação rígida levou-lhe às primeiras

atividades culturais, mais intensamente à música e à literatura.

O exercício da escrita começou com seus diários, de forma natural e inocente, apenas

para dizer aquilo que não poderia ser dito a mais ninguém além de si mesma. Chegada

à adolescência, sua produção enveredou-se pela música, em bandas da escola.

Também ajudava suas amigas escrevendo-lhes cartas de amor para que encantassem

os rapazes. E nada impedia seu espírito da liberdade, mesmo que isso não se

mostrasse em seu comportamento moldado pelos colégios católicos.

Seu pai se comprazia em convidar artistas para recitais em sua casa. Ele a presenteava

com pianos e acumulava livros pela sala. Foi também a seu lado que Neyde Cruz

expandiu seus horizontes nas viagens em que o acompanhava.

Aos 21 anos, Neyde Cruz casou-se, continuando a viver na casa de seus pais. Nesse

tempo também se enveredou no estudo da medicina e exerceu a enfermagem por

muitos anos. Gerou quatro filhos, dois homens e duas mulheres. A escrita não cessou

no período de sua juventude e percorreu também composições musicais. Durante dois

anos suas poesias e crônicas foram publicadas na Rádio Equatorial. Em 1996 a Ordem

dos Músicos do Brasil reconheceu-a como compositora. Muitas de suas letras foram

defendidas em festivais pelo país.

Na atualidade, Neyde Cruz vive na tranquila João Pessoa, desfrutando de sua família e

escrevendo com a mesma naturalidade que escrevia os diários de sua infância. Foi

premiada com a outorga da Academia de Artes de Cabo Frio como Personalidade das

Artes em 2011.


Escritor
Comentário de Idelfonso vasconcelos pereira em 28 maio 2012 às 18:26
IDELFONSO VASCONCELOS PEREIRA - NASCIDO EM SÃO LUÍS - FUNDADOR DA AIRB - ASSOCIAÇÃO DE IMPRENSA DA REGIÃO DA BAIXADAS DO MARANHÃO - FUNDADOR DOS JORNAIS: DO COMMÉRCIO - MA, E O JORNAL TRIBUNA DA BAIXADA NACIONAL, ESCREVEU COLUNAS NO JORNAL O ESTADO DO MARANHÃO - CURURUPU EM SOCIEDADE - HNTERLAND EM SOCIEDADE, ESCREVEU DIVERSOS ARTIGOS EM JORNAIS E SÃO LUIS - JORNAL PEQUENO, O IMPARCIAL, JORNAL DE HOJE, O POVO, EXTRA, JORNAL ATOS E FATOS ESCREVO UMA COLUNA-ARTIGO "TIM, TINS...NACIONAL". jORNALISTA-RADIALISTA- FAÇO DIREITO PELA AMBRA...JÁ ESCREVI NO JORNAL O MUNDO DE PORTUGAL, E OUTROS ORGÃO DE IMPRENSA PELO BRASIL A FORA.TENHO DIVERSOS POEMAS PUBLICADOS EM JORNAIS NO NOSSO PAÍS...CURSO DIVERSOS...

Escritor
Comentário de LEOMARIA MENDES SOBRINHO em 28 maio 2012 às 12:41

LEOMÁRIA M.SOBRINHO, NATURAL DE SALVADOR  NA BAHIA .NASCEU EM 13 DE NOVEMBRO . CASADA ,  LICENCIADA EM EDUCAÇÃO ARTÍSTICA COM HABILITAÇÃO EM DESENHO PELA UNIVERSIDADE CATÓLICA DE SALVADOR.CURSOU DOIS MÓDULOS EM PÓS GRADUAÇÃO DE METODOLOGIA E DIDÁTICA DO ENSINO SUPERIOR. É ESTUDANTE DE ENFERMAGEM PELA UNIRB SALVADOR.COM A  PROFISSÃO DE EDUCADORA.INTERESSOU-SE POR ESCREVER AINDA ADOLESCENTE.PARTICIPOU DO LIVRO POETAS BRASILEIROS DE HOJE 1985¨, ANTOLOGIA PELA SHOGUN E ARTE, RECEBEU MENÇÃO HONRROSA PELA REVISTA BRASÍLIA.PARTICIPOU DA ANTOLOGIA ¨POETAS BRASILEIROS 2008¨, NONA EDIÇÃO DA APOLO ACADEMIA DE LETRAS.É POETAS DEL MUNDO E MEMBRO IMORTAL DA ACADEMIA BRASILEIRA VIRTUAL DE LETRAS,CONFREIRA DA APOLO ACADEMIA DE LETRAS, ANTOLOGIA EM CELEIRO DE ESCRITORES:GUIA DE AUTORES CONTEMPORÂNEOS EBOOK GALERIA BRASIL 2009,ANTOLOGIAS EL DORADO,MENÇÃO HONRROSA NO PRIMEIRO CONCURSO DE POESIAS DA APOLO ACADEMIA DE LETRAS E ARTES COM O POEMA "APOLO ACADEMIA DE ARTES",DIPLOMA COMO ESCRITORA E POETA FUNDADORA DA ACADEMIA VIRTUAL LITERÁRIA MAX MERTINS-MM,ANTOLOGIA PREMIO BURITI 2010,SUAS PUBLICAÇÕES:A MINHA VIDA É UM POEMA,POEMAS DE LÉA,POEMAS E POEMAS,O PODER E O JUÍZO,MULHER,ETC.GANHADORA DO V I CONCURSO POEART 2011 NA CATEGORIA SONETO  EM PRIMEIRO LUGAR COM O POEMA "SE NÃO MORRESSE".E OUTROS...........


Administrador
Comentário de Maria |Helena Campos da Paz em 22 maio 2012 às 21:47

 

Natural do Rio de Janeiro,pertenço a uma família de médicos que há mais de dois séculos se esforçam para contribuir

com o desenvolvimento da medicina.

Sou viuva, tendo sido casada com médico cardiologista, falecido há 10 anos.

Na verdade o grande amor de minha vida!

Tivemos 02 filhos, que atualmente exercem a medicina :Denise-Médica Citopatologista

e Anátomo Patologista e Mauro - médico Psiquiatra

 Mas...Voltemos ao passado!


Meu pai, Dr.Campos da Paz Filho médico ginelogista, já falecido, foi o pioneiro no Brasil na implatação

de programas de prevenção do câncer ginecológico em larga escala populacional., Ele sabia que seria impossível realizá-lo sem a

participação do Citotecnólogo, elemento chave, auxiliar direto do médico Citopatologista no exame microscópico das células 

O problema era que nessa época, esse profissional ainda não existia no Brasil 

Sei que vocês devem estar se perguntando: -Mas o que tem tudo isso a ver com a minha "Biografia"?

E eu lhes respondo :TUDO!!!

 

  Pleitei junto ao governo francês, bolsa de estudos junto a Universidade de Paris, onde se iniciavam

os primeiros cursos para a formação de Citotecnólogos na Europa a nível universitário. 

 Após 4 anos de formação naquele país, eu recebia o certificado e as devidas credenciais

no domínio da Citologia do Câncer, tanto para o exercício da CItotecnologia, quanto para a formação desses

profissionais no território nacional.

Foi então através da Ex - Fundação das Pioneiras Sociais, presidida e dirigida por meu pai,

 que de volta ao Brasil,criamos naquela instituição pioneira, voltada para a proteção da mulher,

a primeira escola de Citopatologia no Brasil, visando a formação de Citotecnólogos, como também oferecendo cursos

de pós-graduação para médicos da especialidade em convênio com a Universidade Gama Filho. 

Nesse trabalho contamos com a colaboração de ilustres nomes da Medicina brasileira e após 13 anos foram colocados

no mercado de trabalho cerca de 350 citotecnólogos, oriundos do Brasil e America Latina e que ainda continuam no exercício

de suas especialidades,  

Em meu aprimoramento profissional, participei de numerosos congressos nacionais e internacionais  

 Fundadora do Laboratório Campos da Paz -  Lab-IPAZ de Anatomia Patológica e Citopatologia 

onde mais de 2 milhões de exames preventivos, foram realizados em seus 24 anos de duração

 Criamos eu e meus filhos, o CENTRO CAMPOS DA PAZ

DE PROTEÇÂO Á MULHER. ORGANIZAÇÃO DE MEDICNINA PREVENTIVA\ SEM FINS LUCRATIVOS-

Atualmente, aposentada, encontro=me em outra atividade, participando com meu filho, médico psiquiatra, da organização

de uma comunidade Terapèutica para a prevenção e tratamento da Dependência Química, mal que assola o mundo

com a mesma ou talvez pior voracidade que o proprio câncer!

Mas afinal de contas...E a poesia? Onde ela se encontra?

Ah! ela sempre esteve junto a mim, desde a minha infância, quando me encantava ao ser escolhida para declamar

em festas e comemorações, onde eu vibrava e me emocionava com a beleza dos versos e rimas!

Ainda jovem comecei a escrever o que sentia e assim, entendia a força e a grandeza das palavras . 

Atualmente, não consigo mais viver sem escrever!

Meu sonho, será um dia poder editar um livro...

Enquanto isso, me encanto, com a honra de fazer novos amigos na arte da escrita!

Obrigada amigos pela maravilhosa acolhida que sempre recebí de todos aqui!!!! 


Maria Helena Campos da Paz Machado

22\05\2012


Escritor
Comentário de Milena Jane Maluf em 22 maio 2012 às 19:12

© 2017   Criado por Anna Karenina.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

U