Informação

Homenagem poética

existem situações na vida,pessoas ,animais ou determinado acontecimento que merece uma homenagem.

veio ao lugar certo!!

Local: http://depressaoepoesia.ning.com/groups/group/new
Membros: 27
Última atividade: 27 Jun, 2012

Fórum de discussão

LUZIA MINHA MÃE

Iniciado por Antonio Cícero da Silva(Águia). Última resposta de Antonio Cícero da Silva(Águia) 16 Jun, 2012. 2 Respostas

LUZIA MINHA MÃE Luzia Maria da…Continuar

Tags: caridade, esplendor, deus, agasalho, gratidão

PORQUE NÃO FALAR?

Iniciado por Antonio Cícero da Silva(Águia). Última resposta de Antonio Cícero da Silva(Águia) 16 Jun, 2012. 4 Respostas

É direito e prazer meuFalar dos meus ídolos e heróisLuiz Gonzaga, O GonzagãoFruto excelente lá do sertãoQue com seu acordãoAlegrou a toda a população. E Elis?Uma eterna rainhaQue com voz…Continuar

Tags: cláudio, atores, francisco, esplendor, parcela

Caixa de Recados

Comentar

Você precisa ser um membro de Homenagem poética para adicionar comentários!


Escritor
Comentário de Antonio Cícero da Silva(Águia) em 15 junho 2012 às 22:02

 

 Bela arte, da cara amiga Safira...


Escritor
Comentário de Scarlett em 22 fevereiro 2012 às 10:30

comunidade muito boa


Administrador
Comentário de Anna Karenina em 16 outubro 2011 às 20:08

SINFONIA INACABADA

SIM.POSSO DIZER
ESSE É  O FIM...


FICOU NA TERRA UM VIOLINO TRISTE
QUE MARCOU TUA PASSAGEM

MAS JÁ NÃO SE OUVE 

NÃO SE OUVE


O VIOLINO TRISTE...

VIAJASTES PRA TERRAS ESTRANHAS
NO MURMÚRIO
DAS ONDAS
QUE TRISTES CANTAVAM NO MAR


FICOU A LEMBRANÇA FRIA
COMO PEDRA TUMULAR


TU VIVES
MAS JAMAIS OUVIREI TUA VOZ...

SINISTRAMENTE UM ANJO ME FALA DE TI
PORQUE A BRUMA QUE CEGOU MEUS OLHOS


AINDA ESTÁ AQUI.



KARENINA


Escritor
Comentário de Geraldo Coelho Zacarias em 16 outubro 2011 às 8:32

Estrela eterna

Sonhou um dia ser estrela,
no entanto já brilhava
quando nasceu;já raiava
qual estrela da manhã.
Ainda criança,com seu passo tão seguro
ensaiava seu futuro...
E hoje eu sou seu fã...

Com o dom da arte veio ao mundo
(esse dom que traduzia
toda a doçura que havia
naquele ser tão repleto de esplendor);
e hoje para mim não há doçura maior que exista
do que aquela que muito mais que artista,
tornou o rádio muito mais encantador...

Cativou-me seu sorriso,seu meigo e doce jeitinho
na “TV”(a máquina que tanta ilusão produz);
tudo nela a tudo encanta e seduz
tornando muito mais encantadora também a televisão.
Meus olhos são sua plateia,
toda noite é sua estreia
nos palcos...o meu coração...

Ah!...meu Deus se eu pudesse...
Ah!...meu Deus quanto eu queria
me iluminassem um dia
os raios desta estrela da manhã;
este desejo meu no meu coração retido,
saciava num beijo ardente,enlouquecido;
a lhe dedicar todo meu amor de fã...

Sonhou um dia ser estrela,
no entanto já brilhava
quando nasceu;já raiava
qual estrela repleta de esplendor;
e hoje para mim não há doçura maior que exista
do que aquela que muito mais que artista
tornou o meu mundo muito mais encantador...


Escritor
Comentário de Geraldo Coelho Zacarias em 16 outubro 2011 às 8:24

Ela...


Ela pode ser prazer;desgosto;

alegria;pranto;angústia ou riso...

Da amargura,o doce gosto;

a razão que me faz perder o siso...

Ela é pesadelo;sonho,de modo similar;

quem no meu caminho o Criador pusera;

muito antes que iniciasse meu caminhar,

ela já estava por mim,à minha espera...

Ela é a lição e também aquela que ensina;

veio pra cartilha do alegrar,compor...

Porém aprendi e minha alma se resigna

triste,que amar é também sinônimo de dor...

Ela é o veneno que meu ser sedento beberica;

é a ferida que mais e mais se aviva...

É também o antídoto que me purifica...

Quero-a marcada a fogo em minha carne viva...

Provei o sabor do pecado,da boca sua

do qual hoje não posso,viver sem não consigo...

Hoje ela me nega sua carne nua;

se é pra sofrer de amor,aceito o meu castigo...


Escritor
Comentário de Geraldo Coelho Zacarias em 16 outubro 2011 às 8:11


Ela...

Eu tenho um segredo,um mistério
e isto é um assunto sério:
eu amo uma mulher casada...
Portanto esta minha homenagem
(decifrem se quiserem,minha mensagem)
a quem é;jamais será revelada...

Desde as antigas fotonovelas;
passando às radionovelas;
com seu jeitinho encantador;
deu muito valor à vida alheia;
e até hoje em sua vida pública,semeia
seu solidário amor...

Deixou a vida artística
e hoje dedica-se à vida política;
seu nome,na história pra sempre ficará...
Deveres de esposa,carrega consigo;
portanto seu nome não digo;
mas ela...ela sempre saberá...


Administrador
Comentário de Neyde Maria F, Cruz em 16 outubro 2011 às 0:09


Administrador
Comentário de Neyde Maria F, Cruz em 14 outubro 2011 às 15:01


Administrador
Comentário de Anna Karenina em 13 outubro 2011 às 20:07

Era uma noite de intensa luz

Aquela que nos descobrimos

Nosso amor verdadeiro

Era luz em nossas almas


A luz... Era de candeeiro

Ainda sinto o teu olhar

Que eu já admirava!

Jeito meigo de me amar


Teu lindo rosto

Tua voz macia

Eu comecei a ser feliz

Quando descobri teu amor

Nessa noite de luz intensa


Em nossas almas felizes

Era a luz do candeeiro

Que iluminava o mundo inteiro


Nossos valores foram fortes

Nossos filhos belas dádivas

Mas tudo acabou cedo


E eu te via indo embora

Sob a luz de um candeeiro

 Minha alma desesperada

Era o adeus derradeiro


Era a tristeza

Era a dor

Nossos pequenos a te procurar

Um não te conheceria

E assim meu doce amado

Foste antes de mim

Mas nem tudo é o fim!


Sinto uma saudade forte

Um horizonte sem sol

Na minha vida nunca mais

Houve manhã de arrebol


Hoje meu amado

Depois de anos passados

 Já estou curvando a estrada

Seguindo o caminho da morte

Minha vida

Sul e norte


Nosso amor

Nosso esperar

Até o sol tornar brilhar!

 

 

para Gabriel...

 

 

Anna Karenina


Administrador
Comentário de Anna Karenina em 11 outubro 2011 às 21:57

 


foto Lina fazendo trilha na serra


Existe algo no ar

 

De beleza e de vida

 

Nossas almas se visitam

 

Sem sequer nos darmos conta

 

Essa grande empatia

 

Que há pro traz da magia

 

Onde floresce poesia

 

Campo fértil de amor

 

Talvez longe talvez perto

 

Quando gostamos de alguém

 

Não há distância espaço

 

Nem aqui nem no além

 

As almas sempre se encontram

 

Nesse jardim maravilhoso

 

Ora triste ora alegre

 

Ao qual chamamos de vida

 

Nesse instante glorioso

 

Onde não há palavras

 

Nem figuras só um sonho

 

Nossas almas se visitam

 

Nesse templo risonho

 

 

 

Anna Karenina

 

 

 

Para minha amada amiga

 

Lina Calandriello

 
 
 

Últimas atividades

Ícone do perfil via Twitter
Twitter1 hora atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Twitter1 hora atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Twitter1 hora atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Twitter1 hora atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Twitter1 hora atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Twitter1 hora atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Twitter1 hora atrás · Responder · Retweet

Escritor
Elisiário Luiz deixou um comentário para Sidnei Piedade
13 horas atrás

Escritor
Elisiário Luiz agora é amigo de Sidnei Piedade e Antonio Cabral Filho
13 horas atrás

Escritor
Elisiário Luiz deixou um comentário para Antonio Cabral Filho
13 horas atrás

Escritor
Elisiário Luiz marcou como favorita a postagem no blog – Inteira Mente Desponte! de Elisiário Luiz
13 horas atrás

Escritor
Posts no blog por Elisiário Luiz
13 horas atrás
Ícone do perfil via Twitter
Twitter14 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Twitter14 horas atrás · Responder · Retweet
Ícone do perfil via Twitter
Twitter14 horas atrás · Responder · Retweet
Posts no blog por Manuel Marques Ferreira
22 horas atrás

Escritor
Posts no blog por Antonio Paiva Rodrigues
ontem

Administrador
O post do blog de Maria |Helena Campos da Paz foi destacado
ontem

Administrador
Posts no blog por Maria |Helena Campos da Paz
ontem

Administrador
Maria |Helena Campos da Paz comentou a postagem no blog O CANTO QUE ADORMECEU O SOL de MARCANTONIO DE OLIVEIRA
ontem

Badge

Carregando...

© 2017   Criado por Anna Karenina.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

U