ABORTO NA VISÃO DA ESPIRITUALIDADE


Aborto é o termo utilizado para designar tanto o aborto espontâneo, por causas naturais, como o aborto induzido, que é a interrupção da gravidez. Dado que o nascimento da criança pusesse em perigo a vida da mãe dela haverá crime em sacrificar-se a primeira para salvar a segunda? “Preferível é se sacrifique o ser que ainda não existe e sacrificar-se a sacrificar-se o que já existe”. A Doutrina Espírita preceitua que o aborto é um crime horripilante, tão condenável quanto o em que se elimina a existência de um adulto. Infelizmente, em nosso País vem, cada vez mais, ganhando vulto um movimento de sentido verdadeiramente brutal, aquele que defende a legitimação do aborto.


Três são os argumentos mais fortes que, a cada dia, buscam o convencimento de todos os setores da nossa sociedade: o argumento feminista, que se baseia no direito da mulher de dispor livremente do seu corpo; o argumento eugênico, que defende a possibilidade de se evitar o nascimento de bebês portadores de deficiências físicas e/ou em psíquicas; e o argumento legal, que reconhece o direito do aborto diante de uma gravidez proveniente de estupro. Não se põe em questão o direito da mulher dispor do seu corpo. Ela possui o livre-arbítrio que lhe permitirá, ou não, praticar voluntariamente, com quem ama o ato sexual.


O que a mulher não pode, porém, é ignorar as consequências que daí proverão advir, isto é, a possibilidade de engravidar. A Doutrina Espírita não mostra que o nascimento de bebês portadores de deficiências representa, tanto para o ser que reencarna quanto para os pais, oportunidade de redenção e progresso, oferecida por Deus. Sabemos que todo ser reencarna é porque tem necessidade de retornar à vida material. O aborto é um verdadeiro infanticídio que se abriga nas malhas do materialismo e dos interesses inconfessáveis. Por que devemos lembrar que todo filho é um empréstimo sagrado que, como tal, precisa ser valorizado.


Os tipos de aborto estão assim delineados: espontâneo, terapêutico, por estupro, por motivos econômicos, aborto “eugênico” ou “piedoso” e todos eles tem consequências, bem como na saúde física, mental e espiritual. A mulher que cometeu aborto delituoso passa a sofrer consequências desagradáveis imediatas em seu próprio organismo, seja pelo surgimento de enfermidades variadas ou pelos processos sombrios da obsessão, em virtude da antipatia nascida no Espírito reencarnante que vê seu tentame frustrado.


As consequências imediatas ou ao longo prazo virão sempre, para reajustar, reeducar e reconciliar os espíritos endividados, mas toda cobrança da Justiça Divina tem o seu tempo certo. Para a mulher que praticou o aborto, injustificadamente, os sofrimentos continuarão na próxima encarnação, através dos desequilíbrios psíquicos diversos, enfermidades do útero e a grande frustração pela impossibilidade de gerar filhos, mesmo que já tenha engravidado outras vezes. Todos aqueles que induzem a mulher ou auxiliam na eliminação do nascituro possuem também a sua culpabilidade no ato criminoso, maridos, namorados que obrigam as esposas, médicos que estimulam e o realizam, enfermeiras e parceiras inconscientes.


O único aborto aceito pela Doutrina Espírita é no caso do risco de morte da mãe, pois existem duas vidas em confronto e é necessário escolher entre o direito de dois sujeitos. A vida é divina e importante não cometa crime de aborto. Na medicina os abortos acontecem e podem ser: precoce, tardio, espontâneo, induzido, inevitável, incompleto, completo, habitual retido e séptico. As causas do aborto são má formação fetal, traumatismo na região abdominal, sistema emocional abalado, doenças maternas, uso indevido de medicamentos ou de plantas medicinais, exercício físico extenuante, incompatibilidade sanguínea e idade da mãe.


A prevenção do aborto pode ser feita de algumas medidas, como por exemplo: não tomar medicamento sem o conhecimento médico, não ingerir bebidas alcoólicas, só praticar exercícios leves ou moderados ou especializado para gestantes, realizar o acompanhamento pré-natal. É certo que existem tipos de abortos que a mulher não e culpada, mas quando ela assume o risco ou faz induzida e de espontânea vontade está ferindo as Leis Divinas e cometendo crimes contra a vida.

 

ANTONIO PAIVA RODRIGUES

 

Exibições: 162

Últimas atividades


Escritor
ISABEL CRISTINA SILVA VARGAS comentou o evento COLETÂNEA INTERNACIONAL SEM FRONTEIRAS de Nieves Merino Guerra
1 hora atrás

Escritor
ISABEL CRISTINA SILVA VARGAS talvez participe do evento de Nieves Merino Guerra
Miniatura

COLETÂNEA INTERNACIONAL SEM FRONTEIRAS em INTERNACIONAL

25 setembro 2017 o dia inteiro
1 hora atrás

Escritor
Nieves Merino Guerra compartilhou o evento deles em Facebook
17 horas atrás

Escritor
Nieves Merino Guerra marcaram como favorito o evento COLETÂNEA INTERNACIONAL SEM FRONTEIRAS de Nieves Merino Guerra
17 horas atrás

Escritor
Posts no blog por Elisiário Luiz
17 horas atrás

Escritor
Antonio Paiva Rodrigues adicionou uma discussão ao grupo CONTOS, CRÔNICA, PROSA E MUITO MAIS...
18 horas atrás

Escritor
Posts no blog por Antonio Paiva Rodrigues
18 horas atrás

Escritor
Manuel Mar compartilhou o post do blog deles em Facebook
19 horas atrás

Escritor
Posts no blog por Manuel Mar
19 horas atrás

Administrador
SELDA KALIL compartilhou o post do blog deles em Facebook
ontem

Administrador
Posts no blog por SELDA KALIL
ontem

Administrador
ROSEMARIE PARRA deixou um comentário para Lenival Nunes de Andrade
ontem

Administrador
ROSEMARIE PARRA marcaram como favorito o perfil de Lenival Nunes de Andrade
ontem

Escritor
Lenival Nunes de Andrade é agora um membro de revista virtual metamorphosis
ontem

Escritor
Posts no blog por Elisiário Luiz
ontem

Escritor
Waulena d'Oliveira Silva comentou a postagem no blog COMPARAÇÃO de PAOLO LIM
ontem

Escritor
Manuel Mar compartilhou o post do blog deles em Facebook
ontem

Escritor
Posts no blog por Manuel Mar
ontem

Escritor
Manuel Mar compartilhou o post do blog deles em Facebook
ontem

Escritor
Antonio Paiva Rodrigues marcou como favorita a postagem no blog TROVA -DEUS de Antonio Paiva Rodrigues
sexta-feira

Badge

Carregando...

© 2017   Criado por Anna Karenina.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

U