FRAGMENTOS  DE UMA CIRANDA PERDIDA

PELAS  MÃOS DO ANJO  DA MORTE

OU DO PERSEGUIDOR...

QUE ANÔNIMO EM SUA FUNESTA TAREFA

AUMENTOU MAIS O CALOR

DE ALMAS EM SINTONIA

QUE SENTIRAM O SEU AÇOITE

MAS NÃO FORAM DERROTADAS

ONDE REINA O AMOR

ANNA KARENINA

Exibições: 447

Respostas a este tópico

Minha alma voou...

 

Minha alma voou pela imensidão,

Foi buscar o que acha importante para meu viver,

  Tudo que com o tempo se perdeu no infinito.

Liberta de meu peito, espiará esse espaço bonito.

Asas abertas ao vento forte, lhe peço, - Não temas não!

Enfrenta-o... Entende como é triste perder a ilusão.

 

Foi lá onde o sol se esconde, no horizonte,

Encontrará nessa jornada pássaros e borboletas a voar,

É o mesmo caminho que estarão a trilhar...

Alma deixa-me surpreendida e ansiosa,

Jamais em algum momento pensei,

Que em meu peito existe uma alma corajosa!

 

Vá longe, sinta a brisa leve te soprar,

Sempre em frente, não pense em logo voltar...

Se por algum momento sentir-se desiluda, suporta!

Em todos os lugares há quem deseje desencantá-la.

Continue seu voo, siga além, onde conseguir chegar.

  

 

Ardente e amiga almeja que eu encontre,

Paz para o coração e pra acalentar-me -- o amor!

Coração carente despedaçado anseia se recompor...

Há de voar às longas distâncias sem esmorecer,

Trará para mim à esperança extinta eu sei,

Não mais acalentada, para me fazer companhia,

Voará alto pra me trazer a perdida alegria...

 

Assim, a paz, o amor, a esperança e a alegria,

Há farão desfrutar de sonhar todos os dias!

 

Márcia A Mancebo

Abril/2014

PÁGINAS EM BRANCO

Um sopro dado pelo vento

As palavras foram levadas

Deixou paginas em branco

Uma carta

Uma lágrima triste

Um olhar desesperado

Falava do ser amado que partira

A saudade era tanta

As mãos se contorciam

Dizia tantas vezes eu te amo

Numa última tentativa de ser ouvida

Dormira de tanto chorar

E no caderno aS páginaS antes em branco

Uma caneta deslizava em seus sonhos... um alguém

Vindo lhe consolar

Um anjo ouviu seu choro

Veio me buscar

Aqui lhe escrevo 

Sobre nosso amor

Um dia verás outros sóis

Verás o universo

Em meio ao infinito

Nos encontraremos

Nosso amor é tão forte 

Jamais morrerá

Toco-lhe o rosto

Num último beijo

Sinta o quanto te amo

Não estás só

Acordada volta a olhar

As folhas em branco que deixara cair

Elas estavam molhadas

Enxugaram lágrimas 

Ele esstivera ali

Veja que o vento

Trará até mim seu perfume

Levará também minhas palavras junto as suas

Na carta que escrevemos

Rosalina Herai

CONFLITOS DA IDADE

 

AO LONGO DE MINHA EXISTÊNCIA

MUNDOS PERDIDOS

REENCONTROS E PERDAS

BUSCAS DE SI MESMO...

PROCURANDO SE ACHAR

EM VIDAS DEIXADAS

NÃO REALIZADAS...

POR MOTIVOS DESCONHECIDOS,

ALHEIOS!

SURGI UM CONFLITO INTERIOR

EM RAZÕES POSTAS

POR NÓS MESMO NUMA HISTÓRIA

NUMA CHAMA QUE NÃO SE APAGOU

NUM FOGO QUE AINDA QUEIMA...

ONDE AINDA VIVER ACESO

ENTRE E DENTRO DE NÓS...

ESPERANDO SÓ UM ACENO

PRA REVIVER E ARDER COM PAIXÃO!

NÃO SABERIA O CERTO OU ERRADO DESSA VIDA

DESSE AMOR...

O TEMPO CORREU APRESSADO

SEM CHANCE PRA SABOREAR TUA ESSÊNCIA...

POUCO APROVEITEI DESSE SONHO INTERROMPIDO

NÃO ACEITEI A REALIDADE

QUE BATIA A PORTA

SEM AO MENOS ABRIR MEUS OLHOS

O DESPERTAR DO DIA...

RESTARAM OS PEDAÇOS PRA JUNTAR

MINHA ESPERANÇA...

MINHA VIDA...

MEUS CONFLITOS!

 

Sephora Christt

 

Obra Protegida

Fonte de imagem: Google

AS PRIMEIRAS LIÇÕES DE AMOR

 

O TEU AMOR

MIM ENSINOU A VIVER

A SENTIR O PRAZER...

EM TEUS BRAÇOS

ENCONTRE O CALOR

QUE AQUECEU MEU SER

O TEU AMOR

FEZ-ME ENXERGAR

O ARCO-IRIS

AGUÇOU O CHEIRO

O SABOR...

ALEGROU-ME A VIDA!

O TEU AMOR

FEZ-ME MULHER...

E REALIZADA!

INSACIAVEL DESEJO

O NOSSO PRA VIVER

O VALOR NAS SIMPLES EXISTENCIA...

NAS PEQUENINAS COISAS

UM GESTO

UMA AÇÃO...

UM HORIZONTE DE PAIXÃO!

AS PRIMEIRAS LIÇÕES DO AMOR

APRENDI PROVANDO TUA ESSENCIA...

PECORRENDO TEU CORPO

DESCOBRINDO O GOSTO

DE SER TUA...

VIVENDO COM VOCÊ

SEU ETERNO E FIEL AMOR!

 

Sephora Christt

 

Obra Protegida

Fonte de imagem: Google

Onde não mora ninguém

Lá fora onde não mora ninguém
Milhões de seres habitam
É um zum zum estrelado
Dos grilos que cantam

É o coaxar dos sapos
Vagalumes e lamparinas
É o brilho das estrelas
Numa gota pequenina

Lá fora milhões de seres habitam
Num baile fora de hora
Num palco de folhas verdinhas

A coruja sempre olha
Toda aquela bagunça
Coloca seus óculos sisuda
A professorinha

Que gente mal educada
Agora que admiro a lua
A noite está tão clara
Um lindo luar flutua

Rosalina Herai

O Q DO PECADO

 

NOSSO DESEJO SE UNIU

EM MOMENTOS DE PRAZER

E NEM UM PECADO...

SE OS ANJOS NOS ABENÇOOU

PERMITIU-NOS AQUELE AMOR...

ETERNAS EMOÇÕES

INESQUESIVEIS EM MIM

NÃO HÁ ENTRE NÓS

O Q DO PECADO...

SERIA NÃO VIVER

E DESFRUTAR DOQUE NOS MOVI...

TATUEI NO CORAÇÃO

NUMA EXISTÊNCIA

TUA ESSÊNCIA

MISTUROU-SE A MINHA...

NUMA SINFONIA

O TEMPO FORTALECE ESSA MAGIA

ENTRE DOIS CORPOS A VIDA

A LOUCURA SENSUAL

DA PAIXÃO...

E NADA SE DESFEZ

EU E VOCÊ RENASCEMOS

DESPIU...

UM SONHO ENCANTOU

NÃO HÁ REGRAS

DESPERTOU O AMOR

NÃO EXISTIU AO TEMPO

O Q DO PECADO...

 

Sephora Christt

 

Obra Protegida

Fonte de imagem: Google

ANNA QUE DEUS TE ABENÇÕE POR ESSE RESGATE PRECIOSO

DE PEROLAS DEIXADAS POR NOSSOS AMADOS POETAS!

                                              CREPÚSCULO DA VIDA

 

AMANHECE EM MIM, ESCUTO  UMA NOTA MUSICAL QUE DEFINE

QUE UM DIA TUDO NASCE... VIVE, E DEPOIS MORRE SEM DESPEDIDAS

FOI ASSIM CONOSCO NO PRIMEIRO CONTACTO  NASCEU O AMOR

E NESSE CREPÚSCULO DO NASCER VIVEMOS INTENSAMENTE TODOS OS DIAS

NO ACONCHEGO DE TANTOS AMANHECER  EM TEUS BRAÇOS ME PERDI

 

EM CADA ENTARDECER FICAVA TRISTE SABIA QUE SERIA A RETA DE PARTIDA

SECANDO AS FERIDAS DA VIDA ONDE AS CICATRIZES MARCAVAM O AMOR

AQUELE  AMOR QUE TÃO CEDO ACABOU, LEVANDO NOSSAS VIDAS UM CAOS

QUERIA QUE O TEMPO TIVESSE PARADO NO COMEÇO. ONDE JOVEM ERA O AMOR

CONGELADOS SOBREVIRÍAMOS AO TEMPO, E TORNARÍAMOS ETERNOS NAMORADOS

 

MAIS UM DIA CHEGOU O CREPÚSCULO E ONDE TEMPO NOS ROUBOU NOSSA VIDA

SAUDOSOS  AINDA OLHAMOS O HORIZONTE NA ESPERANÇA QUE A TARDE NÃO SE FOSSE

CABELOS  EMBRANQUECIDOS  APENAS OLHAMOS MAIS UMA VEZ PARA NÓS

UMA LÁGRIMA CAI ANUNCIANDO QUE A DESPEDIDA CHEGARA NO TEMPO ERRADO

E O QUE FOI ALEGRIA NAQUELE AMANHECER... HOJE  SE CHAMA  SAUDADES

 

A VIDA PASSA TÃO RÁPIDO APENAS NO OLHAR RODOPIA A VIDA... FICO SEM VOCÊ

MERO ENGANO... O QUE SERIA LINDO  OLHAR NA MESMA DIREÇÃO E ENCONTRAR A PAZ

E NOS HORIZONTES PODER DESCOBRIR QUE EM CADA AMANHECE EXISTE ALEGRIAS

EM CADA ENTARDECER VEJO DESAPARECER AS ESPERANÇAS DE SER FELIZ CONTIGO

PORQUE VEJO EM MINHAS VIAGENS O CREPÚSCULO CHEGANDO TE ROUBANDO DE MIM

 

GIZELDA DANTAS

OBRA PROTEGIDA

RSS

Últimas atividades

Posts no blog por Manuel Marques Ferreira
7 horas atrás

Escritor
Posts no blog por Elisiário Luiz
21 horas atrás
Manuel Marques Ferreira compartilhou o post do blog deles em Facebook
ontem

Escritor
ALEXANDRE HELENO DE CASTILHOS compartilhou o post do blog deles em Facebook
ontem

Escritor
Posts no blog por ALEXANDRE HELENO DE CASTILHOS
ontem

Escritor
Elisiário Luiz deixou um comentário para Antonio Cabral Filho
ontem

Escritor
Elisiário Luiz e Antonio Cabral Filho agora são amigos
ontem

Escritor
Elisiário Luiz marcou como favorita a postagem no blog – Inteira Mente Desponte! de Elisiário Luiz
ontem
Posts no blog por Manuel Marques Ferreira
sexta-feira

Escritor
Posts no blog por Antonio Paiva Rodrigues
sexta-feira

Administrador
Posts no blog por Maria |Helena Campos da Paz
sexta-feira

Administrador
O post do blog de Maria |Helena Campos da Paz foi destacado
sexta-feira

Administrador
Maria |Helena Campos da Paz comentou a postagem no blog O CANTO QUE ADORMECEU O SOL de MARCANTONIO DE OLIVEIRA
sexta-feira

Administrador
Maria |Helena Campos da Paz marcou como favorita a postagem no blog O CANTO QUE ADORMECEU O SOL de MARCANTONIO DE OLIVEIRA
sexta-feira

Administrador
Maria |Helena Campos da Paz comentou a postagem no blog UMA GOTA DE SAUDADE de MARCANTONIO DE OLIVEIRA
sexta-feira

Administrador
Maria |Helena Campos da Paz marcou como favorita a postagem no blog UMA GOTA DE SAUDADE de MARCANTONIO DE OLIVEIRA
sexta-feira

Administrador
Maria |Helena Campos da Paz comentou a postagem no blog *** O AZUL DO POETA *** de Maria |Helena Campos da Paz
sexta-feira

Escritor
Elisiário Luiz marcou como favorita a postagem no blog – Quão Bem Arejado – de Elisiário Luiz
sexta-feira

Escritor
Elisiário Luiz compartilhou o post do blog deles em Google +1
sexta-feira

Escritor
Elisiário Luiz compartilhou o post do blog deles em Google +1
sexta-feira

Badge

Carregando...

© 2017   Criado por Anna Karenina.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

U