Que incrível missão é essa,

Que nos faz temer a própria vida...

Que nos assusta,

Com a felicidade  ali concebida...

Que nos abala os alicerces da existência?

 

Que a todo tempo nos aponta

A excelência que toda mãe deve ter!

Criar... Educar... Reclamar... Acolher

E acima de tudo amar, amar até morrer!

 

Que incrível missão é essa,

De temor e sobressaltos

Se algum perigo os ameaça

E julgamos que os vamos perder?

Passamos noites em claro,

Rezamos horas à fio se algum perigo

Ameaça nosso amado e querido filho!

 

Que incrível missão é essa?

Que amor tão singular!

Poder conversar com os anjos,

E lhes pedir proteção,

Para não deixar nossos filhos

Perdidos na escuridão!

 

Amor de mãe! Amor sublime!

Incomensurável... Incondicional!

Divino em sua vontade,

Que nem o próprio filho

Pode senti-lo em sua plenitude,

Pois é luz, que se fragmenta e se funde,

Na magnitude da eternidade!

Maria Helena

obra protegida  

Exibições: 109

Respostas a este tópico

É tão puro este amor que qualquer coisa , qualquer palavra e atitudes que se refira a este amor se torna grandioso demais!! parabéns Maria Helena por desaguá de tua fonte tão linda poesia!! abraços

QUERIDAS GIZELDA E ROSEMARIE OBRIGADA POR ILUMINAREM MINHA PÁGINA!

VAMOS CIRANDAR!

Simplesmente espetacular! É muito bom quando o poema nos transporta para dentro dele. Parabéns!

Estimado Pr. Silvano nuito ne honra e deixa-me feliz

seu comentário!

RSS

Badge

Carregando...

© 2017   Criado por Anna Karenina.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

U