EXISTEM FATOS SECRETOS NA RESSURREIÇÃO DE JESUS?

Muitos proclamam a ressurreição de Jesus em corpo e sangue, no entanto, a palavra epigrafada tem origem latina (resurrectio) e como sinonímia o ato de ressurgir, ressuscitar, voltar à vida. A ressurreição é um elemento que faz parte de muitas religiões, que muitas vezes anunciam a morte de deuses que posteriormente regressam a vida.  É impossível que o ser humano ao entrar na estagnação biológica, ressuscite. O processo que acontece depois da estagnação biológica é a libertação do Espírito do corpo carnal que voltará ao fluido cósmico universal.  O Espírito depois que se liberta do corpo passa por um processo de confusão ou perturbação e muitos não acreditam que desencarnaram.

No caso da ressuscitação de Jesus não poderia ser de modo diferenciado. O Espírito de Cristo materializou-se pela ectoplasmia que começa de forma intangível e passa para a forma tangível. Depois de materializado Jesus passou 40 dias e 40 noites para depois acender aos céus. A ressurreição do corpo na altura do juízo final é uma crença judaica que teve origem no século II A.C., e mais tarde, e até os dias de hoje, muitas comunidades cristãs acreditam que no dia do Juízo Final os mortos ressucitarão, sendo que todos terão como destino o Céu ou o Inferno.

A ressurreição dos mortos é uma doutrina fundamental em várias religiões como o Judaísmo, Islamismo e Cristianismo. Não queremos condenar crenças, mas quando se fala em "mortos" na Bíblia é tão somente visando àqueles que não têm fé e só vieram ao orbe terrestre praticar o mal. Jesus ao se encontrar com um jovem próximo ao Monte Tabor diz: Segue-me. E ele lhe disse: Senhor permite-me que vá eu primeiro enterrar meu pai. E Jesus lhe respondeu: Deixa que os mortos enterrem os seus mortos, e tu vai e anuncia o Reino de Deus. (Lucas, IX: 59-60). Como pode um morto enterrar outro morto? (Grifo nosso)

No Evangelho Segundo o Espiritismo essa passagem é bem explicada.   A vida espiritual é, realmente, a verdadeira vida, a vida normal do Espírito. Sua existência terrena é transitória e passageira, uma espécie de morte, se comparada ao esplendor e à atividade da vida espiritual. O corpo: é uma vestimenta grosseira, que envolve temporariamente o Espírito, verdadeira cadeia que o prende à gleba terrena, e da qual ele se sente feliz em libertar-se. O respeito que temos pelos mortos não se refere à matéria, mas, através da lembrança, ao Espírito ausente. Jesus lho ensinou; dizendo: Não vos inquieteis com o corpo, mas pensai antes no Espírito; ide pregar o Reino de Deus: ide dizer aos homens que a sua pátria não se concentra na Terra, mas no Céu, porque somente lá é que se vive a verdadeira vida.

A Bíblia conta a história de várias outras ressurreições, como é o caso de Lázaro, que voltou à vida graças a Jesus, mas Lázaro não estava morto, estava em alto estado de letargia. Em teologia, a morte e ressurreição de Jesus são aspectos cruciais da mensagem do Evangelho e da redenção. O apóstolo Paulo afirma nos seus textos que a morte e a ressurreição de Jesus garantem a justiça para todos aqueles que creem, juntamente com a libertação do pecado, da morte e da lei. Em particular, o sepultamento dos defuntos era tido como dever tão imperioso que os rabinos dispensavam das orações usuais e do estudo da Lei os filhos que tivessem por sepultar pai ou mãe (cfr. o tratado do Talmud, Berachot 17, 2); além disso, a própria Escritura Sagrada, por suas narrativas, muito parecia recomendar aos filhos o cuidado de sepultarem os seus pais (cfr. Gên 25, 9; 50, 5; Tob 1, 21; 2, 3-7; 4, 3).

Em muitas discussões do Concílio da Igreja, nos primeiros séculos depois de Cristo, foi francamente admitido pelas maiores autoridades que Jesus vivera até os 50 , 60 ou setenta anos. Só depois que a doutrina de Ressurreição do corpo e da ascensão do corpo no sentido físico foi considerada uma necessidade teológica, foi que os primeiros Patriarcas cristãos, em seus altos Conselhos decidiram eliminar todas as referências às atividades de Jesus após a Ascensão, e fizeram a Ascensão parecer à culminação de Sua existência física e de sua missão crística.  Existe a necessidade de que a igreja explique a seus fiéis por qual motivo escolheu 4 evangelhos e transformou os demais em apócrifos ou proscritos.  

 

ANTONIO PAIVA RODRIGUES-JORNALISTA PROFISSIONAL E ESPÍRITA PRATICANTE

 

Exibições: 139

Últimas atividades


Escritor
Manuel Mar compartilhou o post do blog deles em Facebook
2 horas atrás

Escritor
Posts no blog por Manuel Mar
2 horas atrás

Escritor
Manuel Mar compartilhou o post do blog deles em Facebook
5 horas atrás

Escritor
Posts no blog por Elisiário Luiz
9 horas atrás

Escritor
Antonio Paiva Rodrigues adicionou uma discussão ao grupo CONTOS, CRÔNICA, PROSA E MUITO MAIS...
13 horas atrás

Escritor
Posts no blog por Antonio Paiva Rodrigues
13 horas atrás

Escritor
Antonio Paiva Rodrigues marcou como favorita a postagem no blog UMA LINDA NATUREZA de Antonio Paiva Rodrigues
14 horas atrás

Escritor
Antonio Paiva Rodrigues marcou como favorita a postagem no blog MINHA CONSTELAÇÃO de Antonio Paiva Rodrigues
14 horas atrás

Escritor
Antonio Paiva Rodrigues marcou como favorita a postagem no blog SOLIDÃO MALVADA de Antonio Paiva Rodrigues
14 horas atrás

Escritor
Antonio Paiva Rodrigues marcou como favorita a postagem no blog BEIJO DOCE de Antonio Paiva Rodrigues
14 horas atrás

Escritor
Antonio Paiva Rodrigues marcou como favorita a postagem no blog SOM DE BOTEQUIM de Antonio Paiva Rodrigues
14 horas atrás

Escritor
Antonio Paiva Rodrigues marcou como favorita a postagem no blog NUMA BELA MANHÃ DE SOL E CHUVA de Antonio Paiva Rodrigues
14 horas atrás

Escritor
Antonio Paiva Rodrigues marcou como favorita a postagem no blog HOMENAGEM AO DIA DOS PAIS de Antonio Paiva Rodrigues
14 horas atrás

Escritor
Antonio Paiva Rodrigues marcou como favorita a postagem no blog UMA GRANDE E BELA PAIXÃO de Antonio Paiva Rodrigues
14 horas atrás

Escritor
Antonio Paiva Rodrigues marcou como favorita a postagem no blog AMORES DESCONEXOS de Antonio Paiva Rodrigues
14 horas atrás

Escritor
Antonio Paiva Rodrigues marcou como favorita a postagem no blog MEU CANTINHO NO MEU SERTÃO de Antonio Paiva Rodrigues
14 horas atrás

Escritor
Antonio Paiva Rodrigues marcou como favorita a postagem no blog VEIAS FORTES DO MEU CORAÇÃO de Antonio Paiva Rodrigues
14 horas atrás

Escritor
Antonio Paiva Rodrigues marcou como favorita a postagem no blog UM AMOR DISTANTE de Antonio Paiva Rodrigues
14 horas atrás

Escritor
Antonio Paiva Rodrigues marcou como favorita a postagem no blog UM AMOR PURO E VERDADEIRO de Antonio Paiva Rodrigues
14 horas atrás

Escritor
Antonio Paiva Rodrigues marcou como favorita a postagem no blog AMOR DE PRIMAVERA de Antonio Paiva Rodrigues
14 horas atrás

Badge

Carregando...

© 2017   Criado por Anna Karenina.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço

U